No vídeo, vemos um policial do Reino Unido que durante uma abordagem tem um ataque de fúria e começa a tentar quebrar o carro do motorista, que se nega a sair do veiculo e apresentar a #carteira de habilitação. o policial fica furioso com a atitude do homem e começa a forçar o vidro do carro para baixo, tentando abrir o vidro do veiculo, após não conseguir abrir com a mão, o policial revoltado quebra o vidro com seu cassetete. O vídeo acabou sendo divulgado nas redes sociais e ##viraliza no Reino Unido.

No vídeo da para ver o policial exaltado mandando o motorista descer do carro, ele ordena que o motorista desça do carro e apresente seus documentos de identificação, o motorista se nega a descer do carro e diz para o policial checar sua carteira de habilitação sem que ele precise descer do veiculo.

Publicidade
Publicidade

policial do Reino Unido se revolta com a situação e ordena que ele desça, e começa a tentar forçar o vidro do veiculo para baixo, tentando abri-lo.

Após a tentativa de forçar o vidro falhar, o policial pega seu cassetete e começa a forçar a janela, vendo que não conseguiria abrir, ele começa a bater com o cassetete no vidro, quebrando o vidro do motorista, que já esta assustado dentro do veiculo.

O caso, que acabou tomando uma grande repercussão nas redes sociais, aconteceu na cidade de Camden, na Inglaterra, no ultimo dia 16 de setembro. Segundo informações da Policia de Londres, haverá uma investigação para averiguar o caso, que teve o envolvimento de dois policiais. A Policia Metropolitana de Londres ficou responsável pelas investigações.

Até agora, nenhum dos envolvidos no caso foi preso, os #policiais responsáveis pela investigação já conseguiram fazer contato com o motorista, mas nada foi decidido ainda.

Publicidade

Os policiais que participaram das ações ainda seguem trabalhando. Até as investigações serem apuradas, eles não serão suspensos ou afastados de seu trabalho.

O vídeo, que foi gravado pelo motorista do veiculo, acabou sendo compartilhados por milhares de pessoas e viralizando no Reino unido. #Casos de polícia