O planeta Terra recebe diariamente pequenos objetos que veem do espaço, mas não causam nenhuma preocupação, pois são destruídos quando entram na atmosfera do nosso planeta, entretanto, o que preocupa à humanidade, são aquelas objetos maiores, que teriam capacidade de fazer um bom estrago por aqui. Acontece que tem um #Asteroide que tem o poder de 3 bilhões de bombas nucleares, o que colocaria um fim na vida aqui em nosso planeta de uma vez por todas, e como esse asteroide está circulando pelo sistema solar, já é alvo de preocupação por parte de algumas pessoas.

O asteroide recebeu o nome de 2009ES e foi descoberto por Zhao Haibin, lá na China, que no observatório de Nanjing está sempre a observar o espaço.

Publicidade
Publicidade

O asteroide passou a uma distância de 18,8 luas da Terra, o que é considerado uma distância segura, só que esses corpos celestes viajam a uma velocidade muito grande e podem ter sua rota desviada e acabar entrando em colisão com nosso planeta.

A rocha mede 16 quilômetros de largura e é uma das maiores ameaças à vida à Terra, pois uma colisão seria fatal. Por isso tem muita gente alegando que as autoridades mundiais não estão dando à questão o devido valor, ignorando algo que pode acabar de uma vez por todas com a humanidade.

No último dia 5 de setembro foi quando o asteroide passou mais "próximo" da Terra e por ser uma distância considerada segura, nenhum líder mundial comentou a respeito, para não deixar as pessoas em pânico, mas em um futuro próximo, esse asteroide estará voltando na direção da Terra e aí ninguém sabe o que vai acontecer, porque ele tanto pode se afastar mais um pouco, como também poderá ficar mais próximo de nós.

A NASA já se pronunciou a respeito e informou que vem monitorando os asteroides que circulam pelo sistema solar e nos próximos anos não há risco de nenhum deles colidirem com a Terra, mas especialistas estão preocupados.

Publicidade

Phil Plait, respeitável nome na área, informou que se pegássemos todo o arsenal nuclear que usamos na guerra fria, corresponderia a apenas um milionésimo do poder de destruição do asteroide que acabou com os dinossauros.

O asteroide 2009ES corresponde a 3 bilhões de bombas nucleares e para estudiosos, não deveria ser ignorado. #Tragédia #Curiosidades