De acordo com astrônomos, o planeta Júpiter pode ser um dos maiores planetas do nosso Sistema Solar. Mas, de acordo uma recente pesquisa, descobriu-se de que existe um objeto ainda maior que Júpiter girando em torno do Sol. Para a maioria dos pesquisadores, tal fenômeno é algo produzido pelo próprio Sol, mas é invisível a olho nu. Segundo pesquisadores, a atmosfera exterior do nosso ''astro rei'', produz uma bolha magnética gigantesca, denominada heliosfera. Ainda, de acordo com os especialistas, essa seria uma das maiores camadas de nosso #Sistema Solar, onde milhões de toneladas de hidrogênio se transformam em gás hélio, mas, até o momento, os pesquisadores não têm certeza sobre o tamanho exato da heliosfera.

Publicidade
Publicidade

De acordo com especialistas, muitas explosões nucleares são registradas dentro do Sol. Na ocasião, uma bola composta de gás e plasma, seria o suficiente para fazer com que uma pressão interna se forme, transformando o hidrogênio em hélio e originando uma fusão nuclear. A partir desse fenômeno, milhões de toneladas de hidrogênio se transformam em hélio a cada 60 milésimos de segundo, com isso, o calor que é produzido durante este processo é expelido para fora em direção à superfície solar carregando consigo muitas partículas do gás hélio.

Os pesquisadores acreditam que essa corrente de partículas carregadas, aliadas  a seus campos magnéticos, possam estar fluindo em torno de nós, neste exato momento. Na ocasião, essas ondas podem chegar até o planeta Júpiter e, inclusive, podem alcançar ou ir além do Planeta Plutão.

Publicidade

Ainda, segundo pesquisadores, muitos acreditam que a camada da heliosfera perde força assim que deixa a atmosfera solar, com isso acredita-se de que ela termine em algum ponto do nosso Sistema Solar. Mas até o momento os pesquisadores não sabem explicar onde.

Entretanto, acredita-se de que essa bolha magnética possa se prolongar até algum lugar distante no Sistema Solar, onde os ventos interestelares impulsionados pelo Sol perdem sua força. A única certeza que os astrônomos tem no momento é que a camada de heliosfera, pode envolver todo nosso Sistema Solar incluindo o nosso Sol. Para os astrônomos, o fenômeno é considerado uma das maiores estruturas já registradas em nosso Sistema Solar. #Entretenimento #Curiosidades