Uma criança que nasceu na cidade de Magura, na Índia, está despertando a atenção de médicos e cientistas de todo o planeta. Tudo porque, ainda recém-nascida ela parece uma pessoa de grande idade. O bebê nasceu no último fim de semana e desde então está fazendo muita gente discutir o que teria feito ele ficar com a aparência de um senhor de 80 anos. O que os médicos sabem até agora é que a criança tem uma doença raríssima, conhecida como 'Progéria', que faz a pele do corpo encolher, pelos nascerem no corpo e até rugas nascerem no rosto.  Em entrevista ao jornal 'Metro', um dos médicos que trata a criança disse que, de forma alguma, o bebê se parece com uma pessoa da sua idade, mas sim mesmo com um idoso. 

Agora a #Família do bebê indiano corre contra o tempo.

Publicidade
Publicidade

Isso porque a grande maioria das crianças com Progéria falecem antes dos treze anos de idade. A doença se manifesta em um a cada quatro milhões de nascimento. Ou seja, uma população do tamanho do Brasil teria, no máximo, 50 casos do tipo. Muitos acabam sendo escondidos, já que a forma como os bebês ficam chama muita a atenção e as famílias tentam poupar a ação de curiosos. O aspecto curioso como o neném acabou ficando está fazendo com que ele seja comparado ao filme 'O Estranho Caso de Benjamin Buttom', protagonizado pelo ator Brad Pitt. 

No longa, o personagem principal nasce velho e vai ficando com a aparência de novo ao passar dos anos. Ele falece com o tamanho de um pequeno bebê. Na doença que o bebê manifestou, no entanto, a criança vive com a aparência de velha e isso somente piora.

Publicidade

Talvez, por isso, elas vivam tão pouco, já que ainda no nascimento a aparência é de uma pessoa de 80 anos. A maioria também acaba contraindo outras doenças provenientes da velhice, ainda na infância. 

O pai do menino, ao ser entrevistada pelo 'Metro', disse que o seu filho era lindo e que, apesar dele ser diferente das demais crianças, somente Deus deveria ser agradecido nesse momento. "Vamos amá-lo muito, não importa sua aparência", disse ele.