Um dos vídeos mais chocantes feitos com animais, esse de um cachorro sendo jogado dentro de um recipiente cheio de água fervente, chocou muitas pessoas no mundo. As imagens foram gravadas na cidade de Shijiazhuang, capital de Hebei, na China. Após o animal ser "cozido", eles o tiram do barril e o jogam no chão. No decorrer do vídeo, várias pessoas ao redor vêem a cena, até mesmo uma criança, e não fazem nada.

Veja o vídeo:

Atenção, o vídeo a seguir contêm cenas fortes!

Segundo pesquisas feitas pelo jornal Daily Mail, cerca de 10 milhões de cachorros são mortos por ano na China para venda e consumo da carne. "A única maneira de obter a carne dura é inundar o corpo do animal consciente com adrenalina", disse Michele Brown, fundadora da ong que é contra os maus tratos com cachorros (Fight Dog Meat).

Publicidade
Publicidade

"Na maioria das vezes o objetivo não é matar o cão de imediato ... às vezes eles os torturam por horas" disse Brown. Ela afirma ainda que este caso acontece apenas na China. Há também um mercado enorme para o consumo e venda de carnes de cão e gato no Vietnã, Camboja, Indonésia, Índia, Coréia do Sul e mais 20 outros países africanos.

No Brasil, no mês de agosto desse ano, uma idosa de 70 anos, Cremilda da Silva Conceição, foi flagrada em um vídeo amador espancando um cachorro a pauladas no Bairro da Boa Vista, que fica em Cachoeiro de Itapemirim. O vídeo rodou as redes sociais e causou revolta de muitas pessoas. Após o abuso contra o animal, a senhora foi denunciada e presa por maus tratos ao animal indefeso. Ao sair juntamente com os policiais, Cremilda foi vaiada e xingada pelos seus vizinhos.

Publicidade

O animal foi levado gravemente ferido ao Centro de Controle de Zoonoses. O animal teve ferimentos na cabeça, nas patas, mas não correu perigo de vida. Emocionados com o estado do animal, várias pessoas solicitaram a adoção do mesmo.

A pena por maus tratos em animais no Brasil varia: "Art. 32. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:

Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa. #Chocante