Um vídeo que está circulando na internet mostra cenas chocantes de uma criança, de 2 anos, tentando acordar a mãe, caída no corredor de uma loja de brinquedos, nos Estados Unidos.

A jovem desmaiada teria supostamente sofrido uma overdose de heroína. Os funcionários se depararam com o corpo caído e com a criança chorando ao redor, tentando fazê-la acordar.

Não fica claro se as cenas foram captadas pelo circuito interno de segurança da loja ou se o vídeo foi feito por uma pessoa.

O caso ocorreu na cidade de Lawrence, no estado de Massachusetts. A garotinha aparece chorosa, puxando o braço da mãe e tentando acordá-la. Depois puxa o cabelo e o rosto dela, sem sucesso.

Publicidade
Publicidade

Conforme divulgou o noticiário da rede de TV Fox 25, há duas hipóteses que podem ter levado a mãe a ficar inconsciente: uma overdose de heroína ou uma overdose de drogas controladas, como o fentanil.

De acordo com entrevista que o chefe de polícia da região, James Fitzpatrick, concedeu à televisão norte-americana, a mulher, identificada como Mandy McGowen, será processada. Já a criança está sob custódia do Departamento de Crianças e Famílias dos Estados Unidos.

Fitzpatrick afirmou que é muito duro ver uma vítima de dependência química incapaz de cuidar da própria filha, deixando a criança vulnerável como neste caso.

Mandy McGowen negou na polícia que tenha tido uma overdose. A versão que ela deu às autoridades é de que simplesmente apenas adormeceu na loja.

O mundo das drogas tem causado cada vez mais exemplos de sofrimento envolvendo menores como testemunhas desse tipo de degradação humana.

Publicidade

Um caso bem parecido gerou, há duas semanas, muita comoção nos Estados Unidos, além de repercussão no mundo todo. A história retratada mostrou um casal que foi fotografado desmaiado dentro de um veículo, com o filho deles, de apenas quatro anos,  largado sozinho no banco de trás.

As imagens do casal James Acord, de 47 anos, e Rhonda Pasek, 50 anos, foram divulgadas pelo departamento de polícia de East Liverpool, em Ohio, Estados Unidos. O objetivo foi denunciar como a batalha contra as drogas tem destruído cada vez mais famílias.

O casal foi indiciado por abandono de incapaz e o filho está sob custódia de serviços sociais americanos.

#Crime #Casos de polícia