A #Coreia do Norte é um dos países mais "controladores" de sua população em todo o #Mundo, e onde é possível descobrir algumas "leis" bem bizarras. Em maio de 2013, o ex ministro da Defesa foi executado por dar uma "sonequinha" durante um evento onde o presidente Kim Jong-un estava presente. Mas não são só sonecas inconvenientes que causam penalidades severas nesse país. Confira outros exemplos:

  • Ter uma bíblia

Em 2014, um americano ficou preso na Coreia do Norte após ter deixado uma bíblia no banheiro de um restaurante, o que viola as regras de pregação religiosa do país.

  • Acessar a internet

A Coreia do Norte é o único país onde o acesso à internet é inteiramente proibido.

Publicidade
Publicidade

Somente alguns participantes da elite do governo podem acessar.

  • Usar biquíni

Se você achava os costumes árabes estranhos, saiba que as norte-coreanas são proibidas de mostrarem o umbigo, porém os maiôs são permitidos.

  • Ter um parente criminoso

Caso alguma pessoa seja pega cometendo algum crime, sua família também é presa junto com o infrator, sob pena de prisão perpétua. E pior do que isso: as três próximas gerações do meliante também serão encarceradas.

  • Dirigir

Somente funcionários do governo do sexo masculino podem ter carro no país (uma em cada cem pessoas). Entretanto, é muito comum encontrar mulheres trabalhando como guardas de trânsito.

  • Sorrir, beber ou falar alto em datas específicas

Desde 1994, com a perda do primeiro líder da Coreia do Norte, o dia 8 de julho ficou marcado como um dia de luto, em que os habitantes não podem falar alto, sorrir, ingerir bebidas alcoólicas ou dançar.

Publicidade

  • Suicídio

Acredita-se que as baixas taxas de suicídio no país se dão por conta dessa lei (a cada 100 mil pessoas, 20 se matam). E assim como os outros crimes, a família acaba arcando com as punições.

  • Ironia e sarcasmo

Recentemente foi anunciado que a  população coreana não pode mais criticar o estado através de ironia ou formas sarcásticas. A imprensa local tem noticiado um crescimento de atos contrários a Kim e seu governo, como pichações.

  • Assistir filmes ou ouvir músicas estrangeiras

Ouvir músicas de outros países é considerado um crime de estado, que pode resultar em penas de trabalhos forçados ou até na morte. A pena é dada de acordo com o local de origem da mídia em questão: se for um filme russo, só haverá prisão, mas caso seja um filme americano, a pessoa será executada.

  • Pornografia

Quem for pego distribuindo ou se prostituindo será executado publicamente, uma forma de acabar com as chamadas "desordens públicas" e desencorajar a população de infringir leis.  #Curiosidades