A pimenta mais picante do mundo se chama Carolina Reaper. Duas jovens amigas resolveram testar se isso é ou não verdade, mas o desafio acabou mal. Apesar disso, o vídeo em que as duas americanas de New Jersey fizeram a experiência, foi publicado no Youtube e já está se tornando ##Viral. Essa pimenta é 300 vezes mais picante do que o molho de tabasco e a reação das duas amigas mostra bem as dificuldades que sentiram assim que a morderam. Uma delas quase ficou sem respirar. 

O filme foi colocado no canal do Youtube de Lizzy Wurst, de 18 anos, e já conta mais de 1.7 milhões de vizualizações em pouco tempo, um recorde para o canal da jovem americana.

Publicidade
Publicidade

Curiosamente, Lizzy não passou tão mal quanto a sua amiga, Sabrina Stewart, de 22 anos, que teve mesmo que receber oxigênio, por não estar respirando. 

As duas amigas comeram apenas uma vez a pimenta e, depois de alguns segundos, logo sentiram a sua intensidade. Começaram a tossir e a suar, gritando com agonia. Inicialmente, ainda sorriam, mas, pouco depois, o pânico tomou conta delas e em um momento, chegam mesmo a dizer que essa foi a "pior ideia de sempre". 

Mais tarde, Lizzy revelou para o jornal Daily Mail que pensava que o picante nunca mais iria desaparecer da sua boca. Mas, enquanto Lizzy ficou tossindo, com dores no estômago e com vermelhidão no peito e no rosto, a amiga Sabrina entrou em pânico por não conseguir respirar. Ainda no banco onde estavam sentadas e se contorcendo com dores, Sabrina parecia estar sofrendo um ataque de asma.

Publicidade

Tomou um remédio, mas acabou entrando em casa. 

Mais tarde, teve que receber oxigênio, na cama, enquanto Lizzy teria vomitado. Todas essas reações que as duas amigas sentiram são alegadamente normais após a ingestão dessa pimenta. Lizzy revelou que parecia que "estava ardendo" em toda sua boca e não vai mais tentar essa brincadeira novamente.

Os comentários não demoraram e são muitas as pessoas que estão chamando as garotas de "estúpidas" por tentarem esse desafio. E o leitor, o que pensa disso? Assista ao vídeo e deixe seu comentário!  #Internet #EUA