Segundo uma notícia divulgada no Jornal Mirror, um casal de jovens vietnamitas que não tiveram seus nomes divulgados acabou tendo que ser hospitalizado após usar uma sacola de plástico ao invés da #Camisinha na hora do ato sexual. Os dois tiveram que ser internados no hospital Hanoi Kidney, pois acabaram tendo lesões graves nas regiões íntimas.

O diretor do hospital se pronunciou e contou a história dos jovens que, segundo ele, afirmaram que o homem decidiu usar o saco plástico porque estava com vergonha de comprar as camisinhas. De acordo com o profissional, é preciso ressaltar que essas sacolas não possuem a mesma elasticidade que um preservativo e muito menos a lubrificação que o mesmo oferece e, por isso, são totalmente contraindicadas para serem usadas durante o ato sexual.

Publicidade
Publicidade

Além de causarem ferimentos, elas ainda não protegem ninguém contra doenças sexualmente transmissíveis e nem contra gestações indesejáveis. Depois de muitos ferimentos, sangramentos e escoriações em suas genitálias, os dois foram medicados e tratados à base de antibióticos.

O problema asiático

O jornal britânico ainda ressaltou o problema que a Ásia vem enfrentando em relação à prática do ato sexual e como a segurança em relação a isso é escassa no continente. De acordo com um estudo recentemente realizado pela Universidade Hanoi Medical, entre 2.700 estudantes analisados, 16% apenas possuem vida sexual ativa, mas apenas um terço deles admitiu ter usado camisinha e outros métodos para ter mais segurança na primeira vez em que fizeram sexo. Cerca de 25% desses jovens admitiram que tinham vergonha de comprar camisinha.

Publicidade

No Japão

Recentemente o G1 divulgou uma pesquisa onde mostrava que 40% dos japoneses jovens e adultos são solteiros e virgens. Além disso, a cada quatro homens, três não estão em um relacionamento sério. Por causa disso, a baixa taxa de natalidade e a falta de atividade sexual no país são estatísticas que preocupam os políticos atualmente. Assim como o Japão e o Vietnã, outros países da Ásia também sofrem com a falta de #sexo e com a baixa natalidade. #método preventivo