Os crimes bizarros vêm ocorrendo na Rússia, e um deles foi filmado pelas câmeras de segurança de um estacionamento na cidade de Orenburg, na fronteira com o Cazaquistão. No vídeo é possível ver que um homem se aproxima de uma moça que está andando sozinha perto de um estacionamento. Ele chega por trás e a agarra à força. Logo depois ela é arrastada e ele faz com que a jovem entre em um carro que estava esperando no local. Outra mulher vem ajudar o bandido, assim como dois outros comparsas, que dentro do veículo conseguem imobilizar a jovem. O carro sai em disparada, antes que outra pessoa tenha visto a cena e tentado ajudar a menina.

O sequestro de estudantes tem sido comum na região sudoeste da Rússia, e o motivo para nós parece um tanto quanto bizarro.

Publicidade
Publicidade

Esses homens estariam sequestrando as garotas para depois forçá-las ao casamento. Normalmente são pessoas conhecidas ou admiradores das estudantes que raptam as meninas, as deixam como reféns, abusam sexualmente delas, para que elas fiquem com a reputação arruinada. Uma vez que elas estão com a imagem machada, os sequestradores forçam suas famílias a aceitarem o casamento. O tipo de método usado para sequestrar as moças leva ao pensamento de que esses abusadores não só conhecem suas vítimas, como estudam sua movimentação cotidiana para pegá-las desprevenidas e desacompanhadas.

Nas imagens, é possível ver que a jovem luta contra os sequestradores. Ela se debate para tentar se desvencilhar dos bandidos, mas a tentativa é em vão, uma vez que são praticamente quatro pessoas tentando segurá-la.

Publicidade

A polícia investiga o caso e três pessoas já foram responsabilizadas pelo #Crime, mas a busca pelo grupo continua. Já se sabe que os envolvidos são dois homens, um de 24 anos, outro de 40 anos; e uma mulher de 31 anos, que é a que aparece no vídeo.

Segundo averiguação da polícia, os três sequestraram a estudante e a levaram para um apartamento onde ficou em reclusão por um certo tempo. Eles queriam forçá-la a casar-se com o integrante mais novo da gangue. Alegaram ainda que ele tinha se apaixonado pela moça, e que não estava preparado para sua rejeição. O crime, que teve um motivo torpe, assustou os moradores locais. Os envolvidos serão detidos e poderão responder na justiça pelo crime.

#Investigação Criminal #Casos de polícia