Uma família de brasileiros morreu de forma trágica na Europa. Um casal e duas crianças acabaram sendo esquartejados. O Itamaraty confirmou a informação de que realmente se tratava de brasileiros. A identificação das vítimas já foi realizada e os nomes divulgados, trata-se de uma família paraibana. Janaína Santos, de 39 anos, Marcos Nogueira, também com 39 anos e os filhos do casal, uma garotinha de 4 anos e um bebê de apenas 1 aninho são as vítimas do #Crime bárbaro ocorrido na Espanha.

O irmão de Marcos Nogueira, Eduardo Bráulio, relatou que procurou informações com o Consulado brasileiro em Madri, após ver a divulgação das notícias dos corpos encontrados e ao perceber a semelhança com as idades dos parentes.

Publicidade
Publicidade

O Itamaraty disse estar fazendo o acompanhamento do caso e mantém contato com autoridades do local. No entanto, conforme determinado pela Justiça do lugar, a investigação está tramitando em segredo judicial. Portanto, o Itamaraty não tem autorização para compartilhar nenhum detalhe sobre o caso.

Os brasileiros eram de João Pessoa, na Paraíba. Eles estariam morando na Espanha, há, aproximadamente, três anos, devido a uma oportunidade de emprego. Marcos foi trabalhar na Espanha como gerente de um estabelecimento.

Os parentes das vítimas disseram que logo que desconfiaram que os corpos fossem dos familiares, tentaram entrar em contato, nesta segunda-feira (19). O Consulado fez a confirmação, mas os familiares deverão ter mais notícias apenas nesta terça-feira (20). Eduardo contou que eles ainda não fazem ideia do que possa ter acontecido.

Publicidade

Eduardo disse ainda, que os familiares não perceberam o desaparecimento, pois era algo comum eles ficarem um período sem dar notícias, principalmente pelo fato deles terem mudado de residência há pouco tempo e os familiares acreditavam que estariam se acesso à internet.

O pai de Janaína passou mal ao saber da #Tragédia. Elle precisou ser encaminhado ao hospital para atendimento, não há informações a respeito de seu estado de saúde.

Entenda a tragédia

Os corpos das vítimas foram localizados neste último domingo, na residência da família. Os agentes responsáveis pela investigação acreditam que estivessem ali aproximadamente há 30 dias. Eles foram esquartejados e os pedaços dos corpos estavam fechados em bolsas de plástico e lacradas com fita adesiva.

Não foi encontrado sinal de arrombamento na casa. Existe a hipótese que a barbárie possa se tratar de um acerto de contas, por enquanto são apenas especulações. A prefeitura do local decretou luto por dois dias na cidade.