Um fotógrafo resolveu registrar em imagens as homenagens dos 15 anos dos atentados do dia 11 de setembro de 2001 contra o Word Trade Center. Na ocasião, acabou registrando algo bem mais intrigante, e acabou flagrando uma silhueta humana de pé em cima de uma nuvem, justamente no local dos atentados. De acordo com Richard McCormack, que trabalha há vários anos como fotógrafo freelancer em Nova Jersey, ele teria batido uma dezena de fotos em relação ao evento, mas, na ocasião a figura do suposto anjo somente aparece em uma das fotografias tiradas.

Acreditando se tratar de uma figura angelical, o fotógrafo resolveu postar a imagem em sua página pessoal no Facebook.

Publicidade
Publicidade

Na ocasião, vários internautas teriam compartilhado as imagens. Por outro lado, muitos usuários estariam duvidando da veracidade destas imagens, mas de acordo com Richard, ele sabe muito bem o que registrou. Outro que acredita na versão de que anjos existem é o policial norte-americano Tyler Beddoes, que recentemente lançou o livro com o título "Proof of Angels" ("Prova dos Anjos", em português).

No livro, o policial relata em depoimento envolvendo o resgate da pequena Lily Groesbeck, de apenas um ano e meio de idade. Segundo ele, esta experiência serviu para aprimorar a sua fé em Deus. O policial conta que no dia do acidente, enquanto estava de serviço no Departamento de Polícia de Utha, teria escutado do nada uma voz estranha clamando por ajuda. Mas como olhava para os lados e não via ninguém à sua volta, acreditou que estivesse ficando paranoico.

Publicidade

Segundo ele, mais tarde, um pescador local resolveu ligar para o Departamento de Polícia de Cormack. Segundo informações, um carro havia sido encontrado no interior de um rio com duas pessoas dentro.

Na ocasião, a polícia compareceu ao local. Segundo informações, o veículo estava há 14 horas submerso - testemunhas disseram que a motorista teria dormido na direção, vindo a cair dentro do rio. Foi então que Cormack resolveu entrar no veículo. Na ocasião, o policial teria encontrado a mãe da criança já sem vida, mas Lily ainda estava viva e consciente e apresentava sinais claros de hipotermia. Após ser resgatada, a criança foi levada para o hospital mais próximo onde recuperou-se do acidente sem apresentar nenhuma sequela.

Dois anos depois do acidente, contou que sente-se orgulhoso em ter salvado a vida da criança, que hoje está com três anos de idade. Ele disse acreditar que aquela voz misteriosa que só ele ouvia deveria ser de uma espécie de anjo da guarda da menina, como também poderia ser o espírito da mãe na tentativa de salvar a filha. #Flagra #Entretenimento #Curiosidades