Após a emblemática explosão do foguete SpaceX Falcon 9, às 9 horas da manhã do dia 1º de setembro, a Blasting News publicou a filmagem de um suposto objeto voador não identificado (ovni/UFO), momentos antes da destruição do objeto.

Agora, Elon Musk, o bilionário proprietário da empresa Space X, que trabalha em conjunto com a Agência Espacial Americana (NASA), acaba de informar nesta sexta-feira (9), por meio do Twitter, que não descarta a possibilidade do ovni ter destruído o foguete.

No momento da explosão, o artefato levava consigo um satélite do Facebook avaliado em 200 milhões de dólares.

Conforme o periódico britânico Daily Mail, Musk solicita ajuda dos internautas para solucionar a questão.

Publicidade
Publicidade

Segundo ele, que admite ter notado a presença do estranho UFO a sobrevoar acima do foguete, essa é a “falha mais difícil e complexa” que a empresa investiga.

Novas revelações aumentam o mistério

Durante a manhã dessa sexta-feira, Musk fez várias publicações no Twitter referentes a explosão do Falcon 9. Ele também pede aos usuários que enviem fotografias e vídeos do fatídico dia.

Segundo o bilionário da tecnologia, devido ao fato dos motores estarem desligados no momento da tragédia, não havia uma fonte de calor (ao menos conhecida) capaz de provocar a explosão. "É importante notar que isso aconteceu durante uma operação de enchimento de rotina. Os motores não foram [ligados] e não havia nenhuma fonte de calor aparente”, escreve no microblog.

Musk, que admite a presença do UFO, mas prefere não tecer comentários sobre o inusitado objeto, destaca que essa investigação é a mais complexa já enfrentada pela empresa, há 14 anos no setor tecnológico espacial.

Publicidade

Além da misteriosa esfera, o CEO da SpaceX também salienta ter percebido um som, momentos antes da explosão. Até agora, a origem desse ruído permanece uma incógnita. "Particularmente tentando entender o estrondo mais silencioso a soar alguns segundos antes de a bola de fogo se apagar. Pode vir de foguete ou qualquer outra coisa”, pondera o empresário.

O imbróglio continua. Abaixo, veja os tweets de Musk sobre o episódio. Depois, assista ao polêmico vídeo.

#Curiosidades #Viral #Internet