No inicio do mês foi registrado uma imagem impressionante, onde um menino de cinco anos de idade, foi flagrado sozinho no banco traseiro de um carro no estado de Ohio, nos  Estados Unidos, na ocasião sua avó e o namorado dela estavam desmaiados no banco da frente vítimas de #overdose. O caso acabou ganhando grande repercussão nos Estados Unidos, após a policia divulgar as imagens. Após saberem do caso, um tio- avô do garoto, que mora na Califórnia, resolveu solicitar a guarda do menino na Justiça. O juiz responsável pelo caso acabou aceitando o pedido na última segunda-feira (19). Por motivos de segurança o nome do menino não foi divulgado.

A avô materna do menino, identificada como Rhonda Pasek havia conseguido a guarda dele há seis meses.

Publicidade
Publicidade

Ela acabou sendo presa sobre a acusação de ter colocado em risco a vida de um menor de idade. Segundo Dane Walton, responsável pelo Tribunal Juvenil da cidade de Columbia, de acordo com ele nunca houve indícios de que tivesse qualquer envolvimento com drogas no dia em que recebeu a guarda da criança.

Mas de acordo com as últimas informações, Rhonda e seu novo namorado, foram detidos na última quarta-feira (13), na cidade de East Liverpool em Ohio. De acordo com informações, James Acord, confessou ter dirigido sobre o efeito de drogas colocando o menino em perigo. Os policiais responsáveis pelo caso afirmam que decidiram tornar a imagem pública com o objetivo de demonstrar para as pessoas os verdadeiros riscos que a heroína pode causar.

Mas segundo uma irmã de Rhonda, que não quis se identificar ela afirmou para a emissora TV NBC News, que a polícia havia publicado a imagem com intuito de humilhar a família.

Publicidade

Segundo a mulher ela conta antes de divulgar as imagens, a polícia poderia ter borrado o rosto da criança mas não o fez. Ainda segundo a versão da mulher ela disse que não considera a irmã como inocente, mas considera as imagens de Rhonda e do neto como abusivas. Em nota, a Polícia da cidade de East Liverpool, classificou o caso como encerrado e preferiu não se pronunciar sobre as declarações. #entreternimento #Curiosidades