O que você faria para ficar longe de uma pessoa que você não curte muito? E se essa pessoa fosse justamente seu esposo ou sua mulher? Pois é, um americano pensou em muitas estratégias para ficar o menos perto possível da própria esposa. Aos 70 anos, ele já estava de saco cheio do relacionamento. De acordo com informações do portal de notícias G1, publicadas nesta quarta-feira, 07, Dia da Independência, o senhor de idade assaltou uma agência bancária em Kansas City, nos EUA. Ao ser questionado pela Polícia porque queria roubar o banco, mas não ofereceu qualquer resistência, o homem revelou que apenas queria ficar preso, pois assim ele teria certeza que sua esposa não o chatearia com coisas banais do dia a dia. 

O caso ganhou destaque no o jornal “Kansas City Star”, que identificou o ladrão de banco como Lawrence John Ripple.

Publicidade
Publicidade

De acordo com a mídia local, o homem entrou em uma agência na cidade no fim de semana, quando decidiu entregar uma mensagem aos atendentes. No papel, estava escrita frase “tenho uma arma, me entregue o dinheiro”. Lawrence confessou que não teve qualquer estratégia e que na pior das hipóteses sairia com uma grana da instituição financeira e na melhor viveria bem longe da mulher. 

O funcionário, seguindo o padrão de segurança do banco, deu o dinheiro para o homem. No entanto, o ladrão não fugiu, mas apenas se sentou no sofá da agência. Ele ainda se identificou para os seguranças, que pareciam não entender nada do que estava acontecendo.  “sou o cara que vocês estão procurando”, contou ele para um dos profissionais de segurança. A atuação do homem foi toda identificada e descrita no registro de ocorrência da situação.

Publicidade

Sentado, ele aguardou a chegada dos agentes policiais, não oferecendo qualquer tipo de resistência.

Ao ser perguntado porque fez tudo aquilo e não fugiu, o homem de idade contou que não aguentava mais viver brigando com a esposa. Ele teria escrito o bilhete entregue à atendente na frente da esposa, avisando que preferia ficar na cadeia do que do lado dela. Ai o amor.  #Crime #Investigação Criminal