Uma família, que parecia normal, decidiu viajar de férias para um hotel na cidade de Michoacan, no México. Tudo ia muito bem, tudo ia muito bom, até que o chefe da família foi até à piscina com a enteada, de três anos. O homem jogou várias vezes a garotinha, de apenas três anos, na piscina, até que ela viesse morrer. A ação foi flagrada por câmeras do circuito interno do estabelecimento. O homem foi identificado pelo nome de Jose David N. NÃO se sabe ao certo porque ele estava insistindo na feliz ideia de matar a enteada afogada. O que se sabe é que a ação foi intencional, já que ela foi feita repetidas vezes e ele sabia que a garotinha não sabia nadar. 

Em um dos vídeos, que pode ser visto ao final dessa reportagem, dá para ver o momento em que a garotinha se debate contra a água e aparece lutando para respirar e sobreviver.

Publicidade
Publicidade

O padrasto dela apenas observa tudo, como quem não quer mesmo ajudar a criança que perde a vida diante dos seus olhos. O vídeo é forte e foi registrado por câmeras do hotel e depois divulgado por emissoras de TV do México e dos Estados Unidos. Enquanto ele observa a menina se afogar, a mãe da criança dorme no quarto no instante do #Crime. O vídeo foi divulgado durante o julgamento de José, condenado a 100 anos de prisão pelo assassinato da criança. 

As imagens que mostram o assassino realizando a ação acabaram colocando o crime do padrasto da menina, que não teve o nome identificado. Isso porque ele disse que estava surpreso com o fato da menina de afogar. Ele chegou a dizer que não viu ou não percebeu que ela não sabia nadar. No entanto, o vídeo mostra que não somente ele viu, como também foi ele quem matou a garota.

Publicidade

A filmagem derrubou a defesa do homem, que agora faz com que ele não possa nem mesmo pagar uma multa para ficar em liberdade condicional. Um dos magistrados que julgou a ação revela ainda que o homem puxou os cabelos da garota e que o padrasto dela ainda empurrou sua cabecinha para baixo, fazendo com que essa não conseguisse mais respirar.

Veja abaixo o vídeo que mostra o homem jogando a própria enteada em uma piscina. Menina morreu. 

#Investigação Criminal