As imagens são brutais e foram postadas para realmente despertar horror e alertar outras pessoas sobre a violência doméstica que diariamente acomete milhares de mulheres em todo o mundo.

No caso em questão, uma jovem britânica afirma que foi brutalmente espancada pelo ex-companheiro, depois que se recusou a manter relações sexuais com ele.

Stephanie Littlewood, de 22 anos, resolveu recorrer a uma rede social para mostrar o que sofreu na mão Wayne Hoban, de 24 anos. Segundo ela, as fotos têm o objetivo de  fazer um alerta às mulheres que sofrem caladas e às autoridades, que, muitas vezes, são omissas.

Stephanie conta que Wayne ficou demasiadamente irritado quando ela se negou a ir para a cama com ele, como lhe fora exigido.

Publicidade
Publicidade

O rapaz então a atacou até que ela ficasse inconsciente. A jovem, que precisou ser hospitalizada, quebrou três dentes e também a mandíbula. Por todo o rosto e corpo há profundos hematomas.

O espancamento ocorreu há pouco mais de cinco meses, no último dia 2 de abril. Nesta quarta-feira (22), o algoz foi julgado e condenado. Logo em seguida, Stephanie decidiu postar um desabafo com as fotos de como ficou na época.

Ela também postou uma foto de seu agressor, um homem visivelmente mais forte que ela. De acordo com o jornal britânico "The Mirror", a jovem escreveu que seu parceiro a agrediu até quase a morte, depois de ficar mau humorado por ela não ter transado com ele.

Contou ainda que ele a arrastou para a cama várias vezes, batendo nela para que cedesse. Ela chorou, mas as agressões continuaram.

Publicidade

Wayne a jogou no chão, sentou sobre ela e a estrangulou contra o chão. Bateu nela umas 40, 50 vezes no lado esquerdo da face, quebrando-lhe três dentes e a mandíbula, até ela apagar. E quando ela apagou, ele continuou batendo.

A jovem relatou que foi levada para um hospital e que até hoje ainda se trata das lesões físicas e emocionais, finalizando a publicação com um alerta para outras mulheres e pedindo para que o post seja compartilhado para que todos saibam quem é o monstro que a atacou.

Wayne foi sentenciado a apenas 16 meses de prisão. #Crime #Casos de polícia