Várias são as formas utilizadas pelas mães para ensinar os #Filhos. Algumas conseguem sucesso usando algumas técnicas, outras apenas conversando, mas cada caso é um caso. Ás vezes é preciso ser mais rígido e apelar na ajuda, para que os filhos aprendam algo para o seu bem e não esqueçam nunca mais.

O #Cinto de segurança dos carros tem a função de proteger e trazer 'segurança' para os passageiros, mas, infelizmente, vemos muitos adultos que não se importam com o uso do mesmo e acabam se tornando péssimos exemplos, principalmente para as crianças que podem achar que não precisam usá-lo.

Uma mãe norte-americana chegou ao extremo de chamar a polícia para a filhinha de 3 anos de idade, com a intenção de ensiná-la uma valiosa lição sobre o uso do cinto de segurança.

Michelle Fortin, moradora de Arizona, nos Estados Unidos, chamou os policiais na segunda-feira (19), após a filha Camille tirar o objeto de segurança e sair de sua cadeirinha, mesmo com o carro em movimento. Ela contou que parou o carro e explicou o quanto era importante o uso do cinto de segurança para a filha, mas resolveu tomar uma atitude mais drástica e chamar os policiais para ter a certeza que a filha entenderia as implicações da falta de uso do acessório e nunca mais fizesse aquilo.

Publicidade
Publicidade

Os policiais atenderam ao chamado e compareceram à casa da família para conversar com Camille e com seu irmão. Dois agentes explicaram, com muita paciência, a importância de sempre usar o cinto de segurança e o que pode acontecer caso não o usem.

A menina ouviu atentamente as explicações dos policiais e disse ter entendido a mensagem e prometeu seguir as regras e orientações dos mesmos. A mãe disse que tentou transformar aquela situação em aprendizado para os filhos. Michelle disse que a filha podia ter se machucado, que a segurança dela ficou em risco quando ela tirou o cinto e saiu da cadeirinha e que tomou aquela atitude como ensinamento.

Michelle diz que chamar a polícia foi uma decisão extrema de sua parte, mas tem certeza que os filhos se lembrarão disso para sempre e nunca mais sairão sem o cinto de segurança e nem permitirão que outras pessoas façam isso perto deles.  #Casos de polícia