O crime aconteceu em Asheville, na Carolina do Norte, Estados Unidos. A mulher identificada como Mellissa Kitchens, de 44 anos, e o filho Shaun Thomas Pfeiffer, de 25 anos, foram autuados e presos pelo #Crime de incesto. A prisão da mulher aconteceu no último dia 7 deste mês, e a do seu filho, um dia depois. Segundo as autoridades locais que investigam o caso, o contato sexual dos dois teria acontecido em agosto. Eles mantinham relações sexuais na própria casa onde moravam junto com a mulher de Thomas e seu filho pequeno, o que torna o caso ainda mais bizarro. Parece que a mãe do rapaz tinha ciúmes da nora, e então começou a se insinuar para o próprio filho.

Publicidade
Publicidade

O jovem Shaun Thomas, também enfrenta outra acusação e processo judicial pela suspeita de praticar atos libidinosos com uma criança.

O ‘casal’ foi levado para uma penitenciária da região, mas, provavelmente, pagará fiança e esperará julgamento em liberdade. O valor para a liberação poderá chegar a R$ 100.000,00 para cada um. Uma vez liberados, ficarão à disposição da Justiça e do juiz que está responsável por avaliar o caso. Os investigadores procuram saber se, além do crime de incesto, alguma outra irregularidade acontecia na casa, uma vez que a dinâmica familiar dos envolvidos era bastante estranha. Além disso, devem fazer busca e apreensão em objetos da propriedade, e avaliar se o filho pequeno de Shaun passava por alguma espécie de violência e maus tratos. No estado da Carolina do Norte, o crime de incesto prevê detenção de 3 meses a  1 ano e meio, mas outras acusações podem entrar para a conta do casal.

Publicidade

Já no Brasil, o incesto não é enquadrado como crime. Pela definição jurídica, incesto é considerado quando há conjunção carnal entre parentes por consanguinidade ou afinidade. Do ponto de vista da lei brasileira, um filho manter relações sexuais com a mãe, ou um pai com sua filha, não constitui crime, desde que os envolvidos sejam maiores de idade. Não há nenhuma previsão de punição aqui para esse tipo de envolvimento. #Investigação Criminal