Uma menina de 15 anos foi vítima de estupro, em uma escola da Índia. A garota foi abusada sexualmente por dois rapazes, depois de a fecharem em uma sala de aula. Um dos garotos teria estuprado a menina por mais de uma hora, e depois a ameaçou para que ela não contasse nada para ninguém, ou então mataria sua #Família. 31 semanas depois, uma ultrassom confirmou que a menina estava grávida. E seus pais estão preocupados que a filha não consiga mais arranjar um marido. 

"E agora, quem vai querer casar com ela?", é a pergunta que os pais fazem, depois da sua filha, de 15 anos, ter engravidado após ser estuprada na escola. Os pais estão pensando no futuro da menina e até se questionam se algum dia alguém vai querer casar com ela ou até se a menina algum dia conseguirá um emprego.

Publicidade
Publicidade

Os pais estão temendo que se as pessoas souberem o que aconteceu, a garota poderá ser "julgada" pela sociedade, que podem até pensar que é ela a culpada e não a "vítima".

Os pais notaram que a menina andava mais calada e triste, e chegaram mesmo a perguntar se estava tudo bem com ela, sem que ela nunca contasse nada. A mãe reparou que ela estava ganhando algum peso, mas sem nunca desconfiar que ela pudesse estar grávida. Só no último mês, é que a estudante começou se queixando com dores na barriga e, no hospital, confirmaram que ela estava grávida de 31 semanas. Os pais ficaram chocados e foi aí que ela contou tudo o que tinha acontecido, identificando os dois agressores sexuais. 

Entretanto, a polícia deteve um homem de 18 anos, suspeito nesse caso de estupro. Os pais prometem apoiar a menina e, apesar de serem pobres, querem ver os culpados pagando pelo mal que fizeram para a sua filha.

Publicidade

"Eu sinto que a vida dela acabou", contou a mãe, em declarações citadas pelo jornal Daily Mail. A mãe contou que a menina sonhava em ser médica e que seu futuro poderia ter ficado, agora, comprometido, com essa gravidez. No entanto, a menina continuou estudando e os pais pretendem que tudo continue como antes desse #Estupro e dar para a filha todo o apoio que ela necessitar nesse momento mais complicado da sua vida. 

Este foi mais um caso chocante de meninas estupradas em escolas indianas e saiu uma campanha, na Índia, alertando que, em média, estão sendo violadas duas estudantes, por semana, nas escolas do país.  #India