Morreu, na última sexta-feira (16), aos 91 anos de idade, o padre Gabriele Amorth, tido como o mais experiente exorcista da Igreja Católica. Segundo o jornal inglês Daily Mirror, o exorcista do Vaticano também era conhecido por declarações polêmicas a respeito da Santa Sé.

Em entrevistas anteriores, o religioso, que alegava ter praticado 70 mil rituais de esconjuração ao redor do mundo, durante 30 anos combatendo o 'mal’, disse que o diabo estava solto no Vaticano - considerado um lugar sagrado para os católicos.

Na percepção de Amorth, os frequentes escândalos de abuso sexual infantil, cometidos por padres em vários países, eram a prova de que o diabo estava a viver entre os líderes do catolicismo.

Publicidade
Publicidade

O padre, que oficialmente vivia no Vaticano e dizia conhecer os ‘pecados’ daquele pequeno estado-nação, composto somente por religiosos, afirmava o fato de vários colegas terem relação com entidades malignas.

"As consequências são visíveis. Temos cardeais que não acreditam em Cristo, os bispos ligados com os demônios. Temos essas histórias de pedofilia", denunciava o católico, que sempre fora pouco diplomático com as palavras.

Além de criticar o Vaticano, o exorcista também gerava controvérsias ao acusar os livros de Harry Potter de incentivar a magia negra. O católico chegou a ser criticado por essas declarações.

Amorth dominado pelo ‘maligno’

Embora o padre estivesse acostumado a enfrentar o ‘diabo’, houve uma época em que ele próprio havia sido possuído pelo ‘coisa ruim’, segundo revelações do jornalista Francesco Casadei.

Publicidade

Conforme o periodista, durante uma reunião com Amorth, em 2005, o padre havia perdido o controle e começado a gritar e a chutar. Contudo, após passar por quatros meses intensos de exorcismo, o diabo havia abandonado o corpo do religioso.

De acordo com o Daily Mirror, um obituário sobre a morte de Gabriele Amorth, num jornal britânico, declarou que durante os rituais para expulsar o ‘coisa ruim’, o padre era “uma besta feroz”. Porém, quando terminava os exorcismos ele demonstrava ser “um homem bem-educado que gostava de piada”.

Assista abaixo, se tiver coragem, as imagens do padre Amorth realizando exorcismo em uma mulher.

  #Mídia #Curiosidades #Internet