Já vimos muitas notícias de pessoas colocando preservativos em locais não recomendados. Algumas pessoas precisam até de uma intervenção cirúrgica para remover o preservativo. No caso da #Professora, ela ficou durante 6 meses com a #Camisinha dentro de seu pulmão.

Toda vez que ela procurava um hospital se queixando de muita tosse, os médicos a diagnosticavam com pneumonia. Apesar dos exames feitos não mostrarem que realmente se tratava de uma pneumonia, os médicos não sabiam do que se tratava. Somente quando foi feita a radiografia no tórax, diagnosticaram uma lesão no pulmão. E, em seguida, ela foi tratada com medicamentos para tuberculose.

Publicidade
Publicidade

Mesmo tomando o medicamento para tuberculose, a professora não apresentava melhora. Os médicos então resolveram fazer uma broncoscopia e, nesse novo exame, descobriram a presença de um objeto estranho presa nos brônquios, e esse objeto era um preservativo masculino. O preservativo foi removido com uma pinça de biópsia, e se rasgou durante o procedimento.

Os médicos ficaram curiosos para saber como a camisinha foi parar ali, e a jovem falou que o acidente deve ter acontecido quando ela realizava sexo oral no seu esposo. Enquanto praticava o sexo oral, ela informou que começou a ter uma crise de tosse e espirros, e, acidentalmente, deve ter inalado o preservativo sem saber.

O médico disse que o fato dela ter passado tanto tempo com a camisinha dentro dos pulmões sem se queixar de muitas dores, foi porque o material da camisinha é macio, elástico e de borracha, sendo incapaz de causar uma lesão pulmonar.

Publicidade

Em 2015, um caso semelhante aconteceu aqui no Brasil. Uma criança de nove anos de idade, precisou ser operada para a retirada de um prego que escorregou pela traqueia e foi até o brônquio direito. Os médicos suspeitavam que o prego estava lá há mais de três meses.

“Quando ele tossiu, o prego entrou dentro do parênquima pulmonar. Só foi possível a retirada através de um procedimento cirúrgico.”, informou o médico responsável, Dr. Wlater Sedlacek. 

“Ele estava brincando, a avó apareceu pedindo para tirar o prego da boca. Nisso, tomou um susto e inspirou o prego”, disse a mãe do menino, Kelly Conceição.