Uma mulher boliviana de 32 anos cujo nome não foi revelado à comunicação social caiu durante o seu casamento quando os convidados do noivo cumpriam a tradição de "levantar a noiva" atirando-a ao ar. Durante estes festejos, a noiva caiu e bateu com a cabeça, ficando paraplégica. O #Acidente ocorreu por volta das 02h30 da manhã, hora local, na madrugada do passado domingo, dia 25, na cidade sulina de Sucre, na Bolívia.

A noiva teve de ser transportada de imediato para a urgência do Hospital de Santa Bárbara para receber assistência médica. De acordo com o prognóstico divulgado pela diretora hospitalar Gilka Guerrero, o estado clínico da vítima do acidente é "complicado" e "delicado".

Publicidade
Publicidade

A diretora hospitalar adiantou que a queda da mulher afetou o seu pescoço e, por isso, a jovem de 32 anos não tem qualquer reação. No entanto, a vítima manifesta alguma sensibilidade nos membros inferiores, mas não a suficiente para conseguir andar. Gilka Guerrero acrescentou por último que a mulher está sendo consultada pelos serviços de neurocirurgia e traumatologia do Hospital de Santa Bárbara, na Bolívia. Existe a possibilidade da noiva necessitar de ser operada.

A tradição que levou à queda da noiva é conhecida como "manteada" e consiste em transportar a noiva no seu #Casamento aos ombros dos convidados do noivo com o objetivo de depois a atirar ao ar várias vezes. De acordo com as informações recolhidas pelo canal TVI24, os convidados do noivo não conseguiram equilibrar a noiva aos seus ombros e, por isso, deixaram-na cair de cabeça.

Publicidade

A paraplegia resulta de uma lesão medular como aconteceu com esta jovem que sofreu um "trauma da espinal medula" e caracteriza-se pela perda do controle e também da sensibilidade dos membros inferiores, não permitindo o deslocamento da pessoa paraplégica. Com o passar do tempo, os membros inferiores afetados podem deixar de receber permanentemente qualquer estímulo, tornando desta forma os músculos flácidos, o que provocará uma acentuada diminuição da massa muscular facilmente visível a olho nu. #Tragédia