Ai o amor. Relações humanas podem sempre nos surpreender. Afinal, existe uma maneira correta de amor? Um jeito certo provavelmente não, mas há maneiras, digamos, mais comuns de demonstrar que se ama alguém. O trivial, no entanto, não foi o jeito encontrado por duas mulheres que acabaram viralizando em um vídeo. As imagens inacreditáveis mostram o homem amado tendo que tentar segurar as duas senhoras. No Brasil, o caso que ganhou repercussão no mundo, teve destaque também no site do jornal Extra.

Ainda faltam algumas informações para se entender o caso. Certo mesmo é que as três pessoas do vídeo seriam um paciente, sua esposa e a amante.

Publicidade
Publicidade

Sim, a "outra" também estava preocupada com a saúde do homem e decidiu fazer aquela visitinha. Talvez ela não esperasse que a mulher oficial também já estivesse no local e ficasse revoltada com a sua chegada. O vídeo mostra que os três personagens estavam em uma enfermaria do hospital, quando o barraco começou. Outras pessoas que estavam na unidade de saúde olham tudo com bastante espanto, parecendo não acreditar no que acontecia. 

O que se sabe, de fato, é que o homem está a apartar as duas senhoras. O vídeo já começa quando a pancadaria rola solta. Vestindo uma tradicional roupa de hospital, o paciente aparece de bumbum de fora, enquanto imobiliza as duas mulheres. Mesmo debilitado, ele mostra ter força para segurar as duas furiosa. O doente chega a chamar uma das duas de muito "estúpida" e questionando porque ela estaria a agir daquela maneira. 

Uma mulher vestida de amarelo, que seria a esposa de papel passado do homem, aparece segurando os cabelos da outra, indicada por internautas como a amante do homem.

Publicidade

Ele ordena que uma largue a outra, mas não acontece nada. Elas estão bem irritadas e parecem disputar o amor do cara que está ali sem muito saber o que fazer. 

Uma das mulheres ainda tem tempo de discutir com o homem e perguntar porque ele também amou a outra. 

Veja abaixo o vídeo que mostra a confusão em um hospital e que é bom ter cuidado ao ter mais de uma relação amorosa:

#Crime #Investigação Criminal