O ato de uma família muito pobre está indignando pessoas do mundo inteiro. Acontece que o problema citado é apenas um dos muitos que hoje acontecem no Afeganistão. Os pais, que moram em uma zona rural e são muitos pobres, acabaram trocando a filha de 6 anos por uma cabra. O homem que fez a troca tem 40 anos e levou a menina para ele.

Os pais, temendo serem punidos pelas autoridades ou até mesmo por vizinhos, disseram que a criança havia sido sequestrada, só que depois voltaram atrás e resolveram falar toda a verdade. Além da cabra, eles receberam um pouco de arroz e também de azeite. O caso é apenas um entre tantos outros, onde um grande número de meninas continuam sendo vendidas quase que diariamente no Afeganistão.

Publicidade
Publicidade

Como não há uma estatística oficial, fica até difícil precisar quantas meninas afegãs são arrancadas de suas famílias e passam a sofrer abusos sexuais e até morrem. A única coisa que se sabe com certeza é que são muitos os pais que estão trocando suas filhas por comida. No caso citado, a criança foi trocada por uma cabra que, além do leite, também pode se transformar em alimento para a família.

Os vizinhos estavam desconfiados do sumiço da menina e quando a viram com o homem que era o dono da cabra, foram à polícia e fizeram a denúncia. A polícia conseguiu prender o sujeito antes que ele fizesse algum mal à criança. O pai também foi preso e agora terá que responder perante a Justiça.

Assustada, a menina foi encaminhada a um abrigo, onde estão muitas outras crianças e mulheres já adultas, sendo que todas sofreram abusos, foram vítimas de #Violência e não têm para onde ir.

Publicidade

Exames realizados pela equipe médica comprovaram que a garota não sofreu abuso sexual, nem nenhum outro tipo de violência, graças à ação rápida da polícia, mas, infelizmente, não é o que vem acontecendo na maioria das vezes, onde os agentes recuperam a menina sequestrada só após ela ter sido abusada.

A lei afegã determina que as mulheres só podem se casar após os 16 anos, só que o casamento infantil é muito comum na região, de forma especial naquelas zonas isoladas, onde as pessoas vivem em estado de pobreza absoluta. Sem informação, sem comida, sem perspectiva de vida, acabam se tornando um alvo fácil para os aproveitadores. #Crime #Casos de polícia