Um homem de 63 anos esteve nesta quinta-feira (29) no tribunal de Manchester perante um juiz, depois de ter agredido uma bebê de cinco dias, no início do mês de setembro. Agora, em tribunal, o arguido David Hardy declarou que confundiu a bebê, que estava deitada na sua alcofa, com uma "boneca" e que jamais pretenderia magoar uma criança tão pequena. O homem será mesmo julgado por esse caso "bizarro", que deixou marcas na recém-nascida e na #mãe, que ainda se mantém em choque depois de ter assistido à agressão desse homem contra a sua filha. 

O caso aconteceu no início de setembro, logo na primeira vez que Amy Duckers levou sua filha à rua depois do parto.

Publicidade
Publicidade

A pequena Elsie Temple tinha apenas cinco dias e estava nas compras com a mãe, que ia comprar o jantar no supermercado. Nesse momento, encontrou uma vizinha que estava trabalhando no supermercado e estava mostrando a bebê para ela. A menina estava deitada na alcofa, colocada sobre o carrinho de compras. Foi aí que David Hardy se dirigiu até elas e deu um soco no rosto da menina. 

Amy ficou em estado de choque com esse ataque que sua filha acabara de ser vítima. A mãe levou a menina para o hospital onde ficou durante mais de sete horas, em observação. Elsie ficou muito "perturbada" e com uma marca no rosto, que acabou desaparecendo com o tempo. O que não passa é a mágoa dessa mãe, que ficou muito assustada com esse incidente. "Vai levar algum tempo para nos recuperarmos disso", escreveu Amy, no Facebook. 

No tribunal, Hardy tentou se desculpar e falou então de sua confusão, pensando que Elsie não era uma "criança de verdade", mas sim uma boneca, daí ter tido essa reação, confessando ter dado mesmo o soco na bebê recém-nascida.

Publicidade

No entanto, recusa ser culpado pelo crime de agressão, porque não tinha "intenção de agredir" a bebê. O advogado de defesa de Hardy contou, em tribunal, que o homem é avô e que nunca teve esse comportamento, sendo mesmo um "homem de #Família" e que esse episódio foi "incomum e bizarro", com o arguido agindo de forma "tola". 

No entanto, a acusação acredita que esse ataque foi "intencional" e a família do homem será também chamada a tribunal para declarar sobre o comportamento do agressor. David Hardy vai enfrentar julgamento no próximo mês.  #Bebê