Sempre vemos vídeos de pessoas extraindo suas espinhas, alguns são muitos chocantes, e tem que ter muito estômago para ver até o final. Nesse vídeo, a extração de uma enorme #Espinha causa um certo #Nojo. A namorada do "paciente", Lila, removeu a acne que estava cheia de pus.

No vídeo, é possível ver Aaron deitado no chão com uma toalha cobrindo apenas uma parte de seu rosto, e do outro lado, a enorme espinha prestes a ser extraída. A namorada de Aaron, protegeu a área com Iodo.

O rapaz olha nerovoso para sua namorada, enquanto ela corta suavemente a parte superior da espinha, com uma lâmina de barbear, causando a "explosão" da acne.

Publicidade
Publicidade

VEJA O VÍDEO:

Mas isso é só o começo, o procedimento demora mais ou menos 10 minutos e logo em seguida vem algo que surpreende. Quando a namorada de Aaron começa a cortar mais fundo, começa a sair todo o pus que tinha lá dentro; tem que ter muito estômago para assistir esta parte.

Ele demonstra estar sentindo dor, e fecha os olhos na hora da incisão maior, não sabe o tamanho e a proporção da espinha que estava dentro de seu rosto.

E, finalmente, Lila remove toda a espinha e o pus que havia dentro do rosto do rapaz, deixando apenas o corte feito para cicatrizar depois.

O vídeo já foi visualizado mais de 1 milhão de vezes no YouTube. Ela pediu desculpas por não ter áudio no vídeo, disse que o YouTube sinalizou a música que ela colocou ao fundo como propriedade de direitos autorais.

A namorada de Aaron colocou a seguinte descrição no vídeo: "Por favor, não comecem a dizer que ele deveria ter ido ao médico ou o que eu não sabia o que estava fazendo.

Publicidade

Não era necessário ir ao médico, e eu sabia o que estava fazendo." finalizou Lila.

A criação dessas espinhas (acne) se dá, na maioria das vezes, na puberdade, quando os níveis hormonais ficam elevados, especificamente a testosterona. Esses hormônios estimulam as glândulas da pele, que começam a produzir mais óleo (sebo). Crianças ou adultos, também podem sofrer com a acne, se tiverem uma superprodução de sebo na pele e uma certa concentração de células mortas, que, por fim, resultam na obstrução, e acumulam as bactérias causando a inflamação no local.