Uma jovem americana de 19 anos, Carmen Chamblee, só queria se vingar do seu ex-namorado quando decidiu atear fogo no carro dele. Segundo informações do jornal local o ‘ABC’, a mulher teria se enganado e acabou com o carro de outro homem que nem a conhecia.

Depois de incendiar o carro de um estranho, Carmen foi presa, no sábado (3), em Clearwater, que fica na Flórida, nos EUA, pois, para o azar dela, no momento em que ela colocou fogo no veículo, uma câmera de segurança da rua filmou tudo e ela foi pega em flagrante. Confira a reportagem:

O ex-namorado dela contou para a polícia que o motivo da suposta ‘vingança’ da moça seria uma antiga #traição.

Publicidade
Publicidade

Porém, o dono do carro, Thomas Jennings, afirmou nunca ter visto a mulher em sua vida.

Nas imagens, a mulher pega um pano encharcado com um líquido que provavelmente era inflável, coloca fogo e joga no porta-malas do carro. Mesmo com o veículo em chamas, ela continua por perto observando. O que mais parece é que ela estava vendo se realmente ia fulminar o carro por completo.

Ao ver o carro pegando fogo, um amigo de Thomas foi correndo avisá-lo: “Seu carro está em chamas! “, disse ele antes de sair correndo com o amigo para tentar apagar o incêndio. Com baldes de água, os dois tentaram evitar o inevitável, pois o carro já estava todo destruído.

Em entrevista ao jornal na TV, Thomas ainda reforçou o que havia dito à polícia que nunca tinha visto aquela mulher em sua vida, enfim, um susto que para foi algo sem explicação.

Publicidade

Essa história é só mais uma que prova o quanto a fúria de uma pessoa pode fazer com que ela perca a cabeça e faça loucuras, atitudes impensadas que podem não terminar muito bem.

Em Londres, por exemplo, já aconteceu algo parecido, onde uma outra mulher traída, acabou pichando um carro de luxo avaliado em R$461 mil que estava parado no estacionamento de uma loja com os dizeres: “Traidor, acabou! Espero que ela valha a pena “, só que o que ela não sabia é que o carro não era do seu ex. Ou seja, outra maluca que se deu muito mal. #Relacionamento #Crime