Uma bebê do Texas nasceu duas vezes. Um incrível momento da medicina americana está fazendo notícia por todo o mundo, depois de uma bebê ter saído por duas vezes da barriga da mãe. Na primeira vez, foi tirada, fez cirurgia e regressou. E, na segunda, saiu em definitivo para os braços dos seus pais, em um caso que está apaixonando a comunidade médica, por uma história bem feliz, que não começou nada bem. 

Foi em um exame de rotina, pelas 16 semanas de gestação que a mãe de Lynlee Hope soube que alguma coisa ruim estava se passando. A menina tinha um tumor raro no cóccix, que poderia estar colocando em causa sua sobrevivência.

Publicidade
Publicidade

Com o tempo passando, o tumor foi crescendo e, pelas 23 semanas de gestação, os #Médicos não puderam aguardar mais. 

A única chance de Lynlee sobreviver era fazer uma cirurgia para retirar o tumor. Mas, como fazer isso se a menina estava alojada na barriga da mãe? A coragem e determinação dos médicos deram origem a esse pequeno milagre. Eles acreditaram que seria possível fazer essa cirurgia, e fazer a menina regressar para a barriga da mãe. E assim aconteceu. 

Eles conseguiram abrir a barriga da mãe, tirar a bebê, que ficou sempre sendo alimentada pelo líquido amniótico e, durante vinte minutos, eles tiraram esse tumor. No final, voltaram a colocar a Lynlee junto com a mãe, onde ficaria por mais umas semanas. E correu tudo bem. Só pelas 36 semanas é que a menina voltou a nascer, por cesariana, e dessa vez, a mãe já pode pegá-la em seus braços. 

Os primeiros dias não foram fáceis e a menina voltou a passar pela sala de cirurgias, onde os médicos retiraram ainda alguns nódulos, referentes a esse tumor, concluindo esse tratamento.

Publicidade

A menina está agora bem e se recuperando, estando completamente curada desse tumor, que parecia ter outro destino ara Lynlee. No entanto os médicos trocaram essa história, e escreveram uma bem mais feliz para a #Família dessa menina que tem Hope, em português esperança, em seu nome e é mesmo isso que ela está trazendo agora, um pouco por todo o mundo. Um pouco mais de esperança que os pequenos milagres ainda acontecem.  #Bebês