Novamente a Síria é palco de tragédia envolvendo crianças. Desta vez um vídeo, que foi divulgado na internet, na madrugada desta segunda-feira, 10 de outubro, mostra uma criança apavorada sangrando, procurando seu pai. A menina é a pequena Aya, de 8 anos, que é mais uma vítima dessa #Guerra na Síria que tem deixado marcas no mundo, por eventos recorrentes envolvendo crianças. Na filmagem, Aya implora a presença do pai, enquanto a equipe de resgate limpa seus ferimentos.

O vídeo foi divulgado pela emissora al-Arabiya, que mostrou o momento posterior ao resgate da menina. Nas imagens, a garotinha, inconsolada procura pelo pai.

Publicidade
Publicidade

Por várias vezes ela grita “baba(papai)”.  A garotinha foi uma das sobreviventes de um ataque aéreo á cidade de Talbisah, que foi imputado à Rússia.

A pessoa que realizou a filmagem perguntou a Aya onde ela estava, a menina, em prantos, informa que estava em casa e o teto havia caído sobre ela e toda sua família. E mais uma vez ela diz “papai vem logo”.

As imagens mostram os funcionários de um hospital, limpando os ferimentos da cabeça e do rosto da criança, enquanto tentavam acalmá-la, pois, ela procurava insistentemente pelo pai.

Aya e sua família moravam no nordeste da Síria, próximo de Homs. O vídeo foi feito logo após a menina ser resgatada.

Segundo a agência local Talbisah Media Center, depois de receber os cuidados médicos necessários, voluntários encontraram o pai de Aya em outro hospital.

Publicidade

Eles promoveram o reencontro emocionante entre eles. A família da menina, que é formada, pelos pais, e três irmãos, também ficaram feridos no ataque. Ela e família agora procuram outro lugar para morar.

A cidade de Talbisah possui cerca de 84 mil habitantes. E tem sido um alvo muito frequente dos ataques da Rússia que apoiam o regime de Bashar al-Assad. O bombardeio da madrugada desta segunda-feira deixou dois mortos e muitas pessoas feridas e desabrigadas na cidade.

Nesses últimos meses, as imagens vistas na Síria têm gerado uma preocupação mundial, pelo grande número crianças que tem virado um marco, dessa guerra. Em agosto deste ano a imagem que chocou o mundo foi do garotinho sírio Omran Daqneesh de 5 anos, que aparece ensanguentado sentado numa ambulância, após um ataque aéreo a cidade de Alepo.

Em setembro de 2015, outra imagem comoveu o mundo, referente à crise dos refugiados, a foto divulgada do garoto Aylan Kurd, que morreu afogado após tentativa frustrada de grupo de fugir da guerra, em pequeno um barco que naufragou. O corpo da criança, de apenas 3 anos, foi encontrado numa praia da Turquia, causando uma comoção mundial.

#Crime