Na última terça-feira (25), um tigre, conhecido como Gandhi, atacou uma de suas treinadoras em um parque, durante uma feira de entretenimento na Flórida, Estados Unidos. Algumas famílias com suas crianças assistiam ao espetáculo quando foram surpreendidos pela cena dramática em que o tigre abocanha a perna da mulher e a arrasta dentro da jaula. Um dos espectadores filmou o momento do #Ataque e é possível ver no vídeo que muitas crianças estavam em volta das grades de proteção.

Nas imagens, a mulher que foi investida pelo animal aparece gritando seu nome, na tentativa de que ele largasse sua perna. No momento em que o tigre morde a perna da mulher, ela cai no chão e permanece sentada, dando tapas no animal e usando um chicote para golpeá-lo na tentativa de sair das suas garras.

Publicidade
Publicidade

Um outro homem, também treinador, percebe o que está acontecendo e entra na jaula com um chicote e começa também a golpear o animal. No momento em que ele entra no local, o tigre se assusta e começa a arrastar a mulher pela perna.

É possível ver nas imagens que existem dois tigres dentro da jaula, um todo branco e outro com listras negras. O outro animal não participa do ataque e apenas assiste à distância o que acontece. Depois da entrada do outro treinador, e dos golpes efetuados por ele no animal, o tigre finalmente solta a perna da mulher, que consegue se levantar e sair andando para longe do bicho. O homem ainda aparece gritando com o animal que sobe em uma espécie de tronco e fica parado escutando. Uma menina que assistia ao espetáculo, aparece com as mãos na cabeça decepcionada e muitos pais que estavam presentes começam a tirar seus filhos de perto do ambiente.

Publicidade

A treinadora foi identificada como Vicenta Pages. Ela teve cortes profundos na perna e foi encaminhada ao hospital, onde passou por uma cirurgia e recebeu antibióticos para prevenir possíveis infecções. O tigre tem dois anos e participa do espetáculo há algum tempo. Segundo o outro treinador assistente que ajudou a mulher, David Donnert, o que aconteceu não foi um ataque e o animal estava apenas ‘brincando’.

A feira Pensacola Interstate soltou um comunicado dizendo que a empresa responsável pela apresentação era terceirizada e todos os outros espetáculos foram cancelados. O evento foi duramente criticado por compactuar com a exploração de #Animais selvagens. Os organizadores disseram que não existirão mais apresentações com animais e que não está de acordo com as agressões.