Nesta sexta-feira, 07, a coluna 'E+Mais', do site do jornal 'O Estado de São Paulo', deu destaque a um vídeo que voltou a intrigar a internet. As imagens foram feitas em um zoológico da Rússia, onde a vida selvagem é uma das metas a serem perseguidas à risca pelos administradores do local. Um bode foi colocado em um local perigoso e os tratadores tinham aquele como o último dia do animal. O bode, mesmo talvez com muito medo, foi inserido na jaula de um tigre muito selvagem. A ideia é que ele fosse o almoço do felino. No entanto, o que aconteceu foi totalmente diferente. Ninguém jamais poderia imaginar que até na natureza, surpresas especiais podem acontecer. 

O tigre, batizado de Amur, acabou fazendo uma amizade com o animal e ao invés de comê-lo decidiu brincar com ele.

Publicidade
Publicidade

Apesar do vídeo repercutir agora no jornal paulista, nossa reportagem descobriu que o caso, na verdade, aconteceu no ano passado. A equipe do zoológico até postou a ação na época, mas por um motivo desconhecido apenas agora ela veio ganhar relevância mundial. Afinal, não é todo dia que vemos #Animais renegando o próprio instinto.

Em entrevista ao jornal Siberian Times, um dos funcionários, que não teve o nome identificado, revelou que talvez isso tenha acontecido porque o bode era corajoso. Ao invés de sair correndo, ele decidiu encarar o tigre. Não parou por aí, o bicho muito comum no Nordeste brasileiro ainda decidiu assumir o abrigo do felino. O tratador explicou que é frequente o fato de colocarem presas vivas para os animais caçarem. Coelhos e bodes são os mais comuns. Até então, Amur sempre corria atrás dos bichos, mas parece que nesse dia ele decidiu não estar com muita fome.

Publicidade

"Amur sabe como caçar bodes e coelhos. Mas, dessa vez, ele se deparou com esse bode que se recusou a caçar", explicou o funcionário. 

Os tratadores até tentaram um método polêmico, colocando o bode na jaula de Amur. Ele não se importou e vive até hoje uma amizade com o bicho que quase virou sua comida. 

Veja abaixo o vídeo que está dando o que falar:

#É Manchete!