Na última semana, começaram a circular na internet cenas impressionantes de uma tentativa de sequestro relâmpago em Houston, no Texas, Estados Unidos. Uma mulher, identificada como Florence Monauer, estava fazendo compras em um supermercado perto do local onde mora, quando o homem tenta pegar o seu bebê que estava sentado no carrinho de compras.

Nas imagens gravadas pelas câmeras de segurança, ela aparece distraída olhando a prateleiras de produtos enquanto a criança de um ano e dois meses se encontra no ao lado no carrinho de supermercado. Sem que ela perceba o homem vestido com uma camisa vermelha, bermudas e chinelo, aparentando ter cerca de 50 anos, se aproxima e retira o bebê do lugar onde ele estava.

Publicidade
Publicidade

Mesmo depois da ação, como mostra nas cenas, a mãe não se dá conta do que está acontecendo, até que o tecido de proteção do carrinho também sai junto com a criança, que estava amarrada, e encosta no braço da mulher.

Como demonstrado nas imagens, ela se vira para o homem que continua com a criança no colo, e, assustada, questiona a ele o porquê da ação. Imediatamente, Florence agarra o bebê e o retira dos braços do sequestrador. Ele, que não disse uma palavra durante o ocorrido, finge que estava apenas brincando com o bebê e sai levantando os braços, como que a dizer que não tinha feito nada.

A mulher colocou o vídeo nas redes sociais para alertar pais sobre o possível sequestro e os perigos de não estar sempre atento quando se trata de seus filhos. Ela declarou, na internet, que, a princípio, a sua reação não foi brusca, pois ela não teria se dado conta que se tratasse de um possível roubo de seu filho.

Publicidade

Florence teria pensando que aquele era só um homem que não sabia que não era apropriado pegar um bebê de um desconhecido sem antes pedir permissão. Por esse motivo, ela declarou que não fez um grande escândalo com a situação, pois não acreditou que o homem pudesse ser mau. No entanto, depois revendo as cenas, e se dando conta do que acontecia ela se disse bastante chateada, e culpada por ter deixado o bandido segurar nas mãos a sua criança, mesmo que por um minuto sequer. Relatou que quanto mais ela pensava no ocorrido, mais errada parecia a situação.

Foi registrada uma ocorrência e agora a polícia de Houston investiga mais profundamente o caso. Os investigadores devem entender se foi realmente uma cena de tentativa de sequestro. A mãe ainda relatou que escutou o homem conversando com o bebê e dizendo que se ela não tivesse por perto ele o sequestraria. Essa declaração agrava ainda mais o caso. O homem tem sido procurado pela polícia e poderá responder judicialmente por tentativa de sequestro. #Crime #Investigação Criminal