Anna Ozhigova, de 33 anos, pulou de um edifício alto, com o filho, de oito anos, nos braços. #mãe e filho tiveram mortes imediatas. Alegadamente, Anna estava passando por um momento depressivo, depois de ter feito uma cirurgia plástica mal sucedida, no nariz. Para piorar, seu casamento estava desmoronando, porque o marido não parava de zoar a esposa, dizendo que ela estava parecendo com um porco. 

O trágico incidente aconteceu na cidade siberiana de Omsk, na Rússia. A vida de Anna mudou completamente depois de uma cirurgia, que correu mal. A mulher queria mudar seu nariz, mas teria ficado arrasada com o resultado que seu espelho mostrava.

Publicidade
Publicidade

Mas, se a imagem não agradava para ela, seu estado emocional piorava quando o próprio marido, Oleg Ponomarev, passava o tempo todo imitando os sons de um porco, comparando a esposa com o animal, por suas narinas terem ficado mais largas. 

Mas, nem era somente o marido que a estava deprimindo. Ela mesma estava odiando sua nova imagem, e não estava aguentando "ficar assim para sempre". De acordo com um amigo, que manteve sua identidade sem revelar, Anna falou com ele horas antes de pular do prédio. Alegadamente, a mulher teria confidenciado com ele o momento difícil pelo qual estava passando e falou que estava precisando de ir num psicólogo. Contou para o amigo que seu casamento estava acabando e que temia que Oleg ficasse com a custódia do menino, Gleb, de oito anos. 

Falou que seu cirurgião a tinha convencido a fazer essa modificação no nariz, mas que nunca pensou que ficasse tão mal.

Publicidade

Agora, estava sentindo dificuldades para sorrir e nunca aparecia sem maquiagem na frente do marido. Apesar disso, ele continuava sempre zoando com ela, até porque o marido, um empresário na Rússia, não teria concordado que ela fizesse essa cirurgia. A mulher estaria se afundando em uma grave depressão, mas ficou sofrendo sozinha e, nos últimos momentos, com medo de ficar sem o filho, levou ele para a morte, junto com ela.

A polícia está investigando esse caso mas, por enquanto, só está investigando essa possibilidade de suicídio da mulher. Os corpos de mãe e filho foram encontrados muito próximos um do outro. Existe ainda uma notinha, que ela deixou, na qual teria explicado suas razões para cometer essa loucura.  #crianças #Família