Embora não haja provas científicas da existência de alienígenas, a pequena cidade francesa de Châteauneuf-du-Pape, responsável pela fabricação de um dos melhores vinhos do país, proíbe a presença de extraterrestres e naves espaciais no território do município.

De acordo com informações do jornal britânico The Telegraph, edição de sexta-feira (28), a ‘censura’ que já dura 62 anos, emitida pelo ex-prefeito Lucien Jeune, em 1954, pune com ‘detenção’, pousos e decolagens de discos voadores.

"Qualquer aeronave conhecida como disco voador ou disco em forma de charuto, que pousar no território da comunidade, será imediatamente mantido em custódia", diz um trecho da lei municipal.

Publicidade
Publicidade

Apesar de estar a mais de seis décadas em funcionamento, os políticos eleitos depois de Lucien Jeune, ainda continuam a validar a norma – mesmo que nenhum alien ou nave espacial tenha pousado no vilarejo.

Conforme o atual prefeito de Châteauneuf-du-Pape, Claude Avril, a proibição de naves e extraterrestres mexe com o imaginário das pessoas, além de incentivar uma espécie de turismo “inofensivo” até a cidade.

“Ela cria uma espécie inofensiva de buzz [negócio] e ninguém está sendo enganado”, declara o chefe do excutivo.

Abaixo, veja o decreto original, escrito em 1954.

Avistamento genuíno ou golpe publicitário?

Segundo o jornalista Hazel Plush (The Telegraph), a lenda em torno da criação da bizarra lei tem relação com o testemunho de um suposto habitante do norte da França.

Publicidade

À época, ele jurou ter visto dois extraterrestres descerem de uma nave espacial em forma de charuto, trajados com roupas semelhantes às usadas pelos mergulhadores.

Entretanto, o filho do prefeito responsável pela proibição, Elie Jeune, afirma que o decreto foi apenas “um golpe publicitário” do pai.

Para Elie, nunca houve qualquer tipo de atividade 'de outro mundo' na região. "Naquele tempo, as pessoas estavam falando muito sobre extraterrestres e sobre o desconhecido, que estava na moda, e havia um monte de histórias”, fala.

O rapaz conta que desde a criação da lei antialienígena, jornalistas e turistas de todo o mundo vieram conhecer a cidade – mundialmente famosa pela qualidade do vinho produzido.

Ao que tudo indica, para os extraterrestres aparecerem é necessário que o público consuma algumas garrafas de vinho comercializadas em Châteauneuf-du-Pape. #Curiosidades #Europa #Viral