Jill Stein, candidata à presidência dos EUA pelo Partido Verde, afirmou na quarta-feira, 19, que se Hillary Clinton ganhar as eleições, o mundo corre o risco de enfrentar uma guerra nuclear. A Dra. Stein tem alertado sobre as políticas internacionais de sua adversária do Partido Democrata. Recentemente ela chocou muitos americanos com um Twitter, em que dizia: "As políticas internacionais de Hillary são muito mais ameaçadoras que as de #Donald Trump".

A candidata à presidência também twittou as palavras de seu candidato à vice: "Que fique claro para todo mundo que um voto a favor de Hillary é um voto a favor da guerra".

Publicidade
Publicidade

Segundo o site "Breitbairt", nesta semana, quando perguntada por um repórter do Texas sobre como seria ter Hillary como presidente, Jill disse: "Bem, todos sabemos que tipo de secretária de estado ela foi", disse Stein em sua resposta. "Hillary é inacreditavelmente comprometida com Wall Street e com os que lucram com a guerra. Ela começou com a Líbia e está tentando começar uma guerra aérea com a Rússia por causa da Síria, o que significa que se Hillary for eleita estaremos sim indo à guerra contra a Rússia, uma outra potência nuclear".

Falando à CSPAN, ela elaborou ainda mais: "Agora é #hillary clinton que quer começar uma guerra aérea com a Rússia sobre a Síria, pedindo uma área de exclusão. Temos 2000 mísseis nucleares em alerta. Estão dizendo que estamos mais perto de uma guerra nuclear do que nunca.

Publicidade

Com Hillary Clinton, poderíamos entrar numa guerra nuclear muito rapidamente, devido às suas políticas para o Oriente Médio. As políticas de Hillary é que são assustadoras, não as de Trump, que não quer ir para a guerra com a Rússia. Ele deseja encontrar meios de colaboração, que é o caminho que precisamos seguir para não entrarmos numa guerra nuclear com a Rússia. "

Stein e seu partido também têm criticado o que ela descreveu como "unipartido" de Washington que é "hostil" aos objetivos de progressistas liberais. "Tanto democratas quanto republicanos concordam com a agenda neoliberal: a globalização, a privatização, a desregulamentação, a austeridade para o resto de nós", o Partido Verde recentemente twittou.

"Hillary consegue ganhar mais apoio dos republicanos de direita como George Bush, Glenn Beck e Condoleezza Rice do que dos progressistas". #eleições americanas