Em Bangladesh, na Índia, um menino nasceu com uma condição considerada muito rara, seu rosto pode ser comparado ao de uma pessoa idosa. De acordo com especialistas, o menino foi diagnosticado com #Progeria, também conhecida como síndrome de Huntchinson-Gilford, responsável por causar o envelhecimento precoce em crianças. As estimativas sugerem que a doença atinja uma criança a cada cinco milhões de nascimentos. De acordo com os familiares do menino, que não teve o nome divulgado, eles afirmam que o bebê apresenta um rosto semelhante ao de uma pessoa idosa com mais de 80 anos de idade.

De acordo com os relatos de pessoas próximas ao menino, a criança possui inúmeras rugas, além de olhos encovados e seu corpo é todo encolhido, o menino ainda possui uma grosa camada de pelos nas costas.

Publicidade
Publicidade

Na maioria das vezes, a doença acaba impossibilitando que crianças diagnosticadas com a doença tenham uma vida saudável. Mesmo assim, seus pais atribuem o nascimento do filho como um milagre. Inclusive, no dia do nascimento do menino, eles afirmaram que não conseguiram se conter de tanta emoção.

Atualmente, o pai Patro e sua esposa Parul recebem inúmeras visitas por dia de amigos e familiares curiosos com a condição da criança. Muitos acreditam que ela se desenvolverá de forma saudável, apesar de que as crianças diagnosticadas com esta condição vivem no máximo até os 14 anos de idade. Os médicos, por sua vez, não souberam explicar quais os métodos de tratamento serão utilizados para tratar a criança.

De acordo com os especialistas, a Progeria é ocasionada devido a um erro na genética, responsável por desenvolver uma proteína anormal no organismo humano. Depois que as células consomem esta proteína, elas podem se danificar com maior facilidade.

Publicidade

A doença foi diagnosticada pela primeira vez pelo médico inglês Jonathan Hutchinson, no ano de 1886. Na época, ele havia descrito os primeiros sintomas da doença em um criança com calvície. Em 1904, o Dr. Hastings Gilford havia diagnosticado outra criança com as mesmas condições.

Devido ao empenho dos dois pesquisadores, deu-se o nome atual para a doença. Após a descoberta da síndrome de Progeria Hutchinson-Gilford (HGPS), já foram diagnosticados mais de 100 casos ao redor do mundo. Outro aspecto importante da doença se deve ao fato dela estar relacionada a um envelhecimento muito rápido, em alguns casos, torna-se cerca de oito vezes mais rápida em relação a taxa de envelhecimento normal. #entreternimento #Curiosidades