Os jovens europeus têm agora mais um motivo para a ansiedade de completar os tão esperados 18 anos, a idade da liberdade, afinal eles poderão abrir suas caixas de correio e se deparar com um convite a uma aventura que marcará sua vida e história para sempre.

O Parlamento Europeu está avaliando um projeto que pode dar passagens e tickets de trem para que os jovens europeus possam viajar por todo o continente inteiramente de graça. A intensão, segundo o presidente da Comissão Europeia Jean-Claude Juncker, é dar a esses jovens "uma ideia de senso de comunidade".

Receberão o passe todos os cidadãos europeus ou que residam legalmente no continente.

Publicidade
Publicidade

O passe poderá ser usado nas redes ferroviárias que conectam a maior parte das grandes cidades europeias.

Quem vive em estados que não fazem parte da rede ferroviária integrada como a Estônia, a Letônia, a Lituânia, Chipre e Malta, poderão usar o ticket em outras modalidades de transporte no mesmo esquema, como ônibus e ferry boats.

A proposta será avaliada essa semana, mas já encontra objeção, pois custaria alguns milhões de euros. Já é possível encontrar um passe mensal para viagens ilimitadas de trem, que permite viajar por 30 países, que custa 479 euros, muito apreciado por aqueles que querem fazer uma trip pelo continente antes de entrar na universidade e encarar os estudos novamente.

As viagens de trem na #Europa são famosas por serem confortáveis e bem mais divertidas, pois são repletas de belas paisagens.

Publicidade

Soma-se a isso, ainda, a tranquilidade em não precisar chegar à estação com duas ou mais horas de antecedência, como no caso das viagens de avião.

Os custos do projeto podem chegar a 1,5 bilhões de euros por ano

Tagesschau, um empresa alemã, diz que considerando que 50% a 70% dos cerca de 5,4 milhões de jovens vivendo na Europa, aceitem participar do projeto, os custos dessa proposta podem chegar a 1,5 bilhões de euros por ano. Os países mais famosos e turísticos apoiam a proposta, outros já se mostram mais resistentes e hesitantes, mostrando preferência pela criação de novos empregos e profissionalização dos jovens.

E você, o que acha? Acha válido o governo proporcionar tal benefício  aos jovens? #Viagem #Intercâmbio