Segundo informações disponibilizadas pelo site britânico Express, do Reino Unido, o presidente russo Vladimir Putin revelou a um grupo de jornalistas de seu país as razões pelas quais o Kremlin tem adotado uma postura agressiva contra os Estados Unidos ultimamente.

Putin discutiu com os repórteres sobre o potencial início de uma segunda #Guerra Fria, e advertiu que o mundo está em grave perigo.

De acordo com o Express, o líder russo acusou os Estados Unidos de estarem mentindo sobre o real motivo de terem posicionado recentemente alguns de seus armamentos atômicos na Romênia. Putin afirmou que a Casa Branca implantou o sistema de defesa antimíssil em solo romeno sob a alegação de estar protegendo a América contra uma ameaça nuclear iraniana.

Publicidade
Publicidade

No entanto, na visão do presidente russo, essa ameaça é inexistente, pois os Estados Unidos fizeram um acordo com o Iran que aliviou as tensões existentes entre os dois países, e mesmo assim, os mísseis americanos, que podem percorrer uma distância de 500 km, continuam a ser posicionados.

Nova geração de armamentos

Vladimir Putin disse aos jornalistas, segundo o Express, que o governo russo sabe com antecedência sobre as tecnologias militares dos Estados Unidos, e alegou conhecer até a data em que os americanos produzirão um novo tipo de míssil capaz de atingir alvos a mil quilômetros de distância – o que ameaçaria diretamente o potencial nuclear da Rússia.

O presidente russo afirmou também que a Casa Branca insiste em rejeitar as ofertas de redução da produção de armamentos, recusando-se insistentemente a cooperar com um possível acordo.

Publicidade

E uma vez que uma negociação parece estar fora de questão, o Kremlin teria resolvido agir, e sobre isso, Putin declarou: "Dissemos a eles [os americanos] sobre as medidas reacionárias que iríamos tomar. E é isso que nós fizemos. E garanto a vocês que hoje temos tido todo o sucesso nessa área".

O presidente russo também disse que o seu país está modernizando todo complexo militar-industrial, além de desenvolver constantemente novos tipos de armamentos.

Ainda de acordo com o Express, Putin teria afirmado: "Eu não sei como isso tudo vai acabar. O que eu sei é que teremos de nos defender, e eu até sei como eles [os Estados unidos] vão embalar esta 'agressão russa' novamente. Mas isso é simplesmente a nossa resposta às suas ações". #Ataque #EUA