Os eleitores norte-americanos terão uma nova chance de ver Hillary Clinton (Partido Democrata) e Donald Trump (Partido Republicano), ao vivo, no segundo debate entre os candidatos à presidência dos Estados Unidos. O encontro acontece neste domingo (9), às 22h (horário de Brasília).

Ao vivo na TV

Os brasileiros que quiserem assistir ao debate ao vivo poderão acompanhar pelo canal #BandNews TV, que exibe o confronto de ideias entre Hillary e Trump para todo o Brasil. A transmissão da BandNews começa às 21h, com reportagens especiais sobre as eleições no país mais poderoso do mundo.

A apresentação será feita pelo jornalista Eduardo Barão, com participações de Patrícia Campos Mello, do jornal Folha de S.

Publicidade
Publicidade

Paulo, e Matthew Shirts, jornalista da BandNews FM. Os três estarão nos estúdios da emissora no bairro do Morumbi, em São Paulo.

Os telespectadores poderão optar em assistir ao debate com tradução simultânea ou com o áudio original. 

O debate

Hillary Clinton e #Donald Trump estarão frente a frente na Universidade de Washington, em St. Louis, no estado do Missouri. O debate será mediado por Anderson Cooper, do canal CNN, e Martha Raddatz, da ABC News.

O encontro entre os postulantes à Casa Branca terá 90 minutos, sem intervalos. As perguntas a que responderão serão feitas pelo público e pelos mediadores do debate.

Depois de ter vencido o primeiro debate, segundo especialistas, Hillary Clinton chega para este segundo encontro ainda mais forte. Isso porque neste sábado vazou um áudio comprometedor de Donald Trump. O candidato à presidência aparece falando como tentou seduzir uma mulher.

Publicidade

Na gravação de 2005, Trump diz que partiu para cima da mulher, mas não conseguiu manter relação sexual. “Não consegui comer. E ela era casada”, disse.

O áudio foi uma pancada tão grande na campanha do bilionário que até sua esposa, Melania Trump, o criticou. Ela chamou os comentários de inaceitáveis e ofensivos.

Políticos do Partido Republicano chegaram a defender que Donald Trump abandonasse a disputa pela presidência dos Estados Unidos. O debate deste domingo será mais imperdível do que nunca. #Eleições EUA 2016