O americano Todd Orr, de 50 anos, teve muita sorte ao sair com vida de um ataque feito por uma ursa, enquanto caminhava por uma trilha em Ennis, Montana, nos Estados Unidos. O incidente aconteceu neste último sábado (01), e o homem teve ferimentos graves pelo corpo. A região é repleta da espécie do urso que o atacou, e ele, que estava habituado a fazer sempre aquela trilha, nunca poderia pensar que o pior estava por acontecer. Todd disse, em depoimento, que está acostumado com a presença dos bichos e que não tinha medo. Durante a caminhada pelas colinas, ele sempre levava consigo um spray que usava para espantar os ursos, caso eles se aproximassem.

Publicidade
Publicidade

Contudo, dessa vez, apenas o objeto não foi suficiente para afastar as feras. Uma das fêmeas da espécie que estava com vários filhotes, não recuou quando o homem tentou espantá-la. Ao contrário, ela o atacou, em uma tentativa de proteger os filhotes de Todd que era o intruso em seu ambiente natural.

Todd, mesmo ferido, gravou um vídeo logo após ser atacado pelo animal. Nas imagens, ele conta que se jogou com o rosto virado para a terra, e que colocou os braços em volta do pescoço para tentar proteger a cabeça. Enquanto isso, a ursa furiosa pulou em cima dele e começou a mordê-lo nos braços, ombros e mochila. Ele colocou as imagens em uma rede social para fazer o alerta sobre o perigo de caminhar sozinho em uma região plena dos bichos. Ele ainda relatou que a força no animal era enorme, e que cada mordida era como se ele estivesse sendo golpeado.

Publicidade

A sorte de Tood é que a ursa decidiu parar o ataque e desapareceu no meio na paisagem, mas por um curto momento. Nesse pequeno tempo ele, mesmo ferido, decidiu correr para buscar ajuda, mas o animal reapareceu e o atacou novamente.

O homem disse que então percebeu que não poderia fazer nenhum movimento ou som, senão o animal continuaria o ataque. Ele teve que se fingir de morto até que a fêmea, finalmente, desaparecesse definitivamente. Todd, mesmo com um corte enorme da região temporal, e escalpelado, conseguiu entrar em seu carro e dirigir por quase 30 Km, até o hospital mais perto. Os médicos que o atenderam ficaram assustados, e demoraram bastante tempo para conseguir limpar e fechar os ferimentos. Todd relatou que teve muita sorte e está feliz em estar vivo, e que o vídeo serve de alerta às pessoas que frequentam a região.

#Animais #Acidente