Após passar por um procedimento cirúrgico, uma mulher de 38 anos de idade, que não teve seu nome revelado, passa bem. De acordo com informações, ela teria sofrido com a #Doença no período de um ano. Na ocasião, ela costumava se queixar da prisão de ventre, além de apresentar um inchaço na região do abdômen, acompanhado da falta de apetite. Após a realização dos exames, os médicos acabaram encontrando uma bola de cabelo que estava alojada em seu estômago. A paciente foi diagnosticada com a Síndrome de Rapunzel, uma doença rara.

De acordo com especialistas, o único tratamento para esta condição é através de cirurgias. A doença está associada a Tricotilomania, que está relaciona a vontade que as mulheres tem em arrancar seus fios de cabelos e comê-los.

Publicidade
Publicidade

Após passar por uma cirurgia de quatro horas, os médicos conseguiram retirar do estômago da jovem uma bola de pelo com 15,24 cm de comprimento por 10,16 cm de largura. A mulher, que já recebeu alta do hospital e passa bem, nos próximos dias deverá ser acompanhada de perto por psicólogos e nutricionistas.

Um grupo de médicos norte americanos avaliaram em torno de 88 casos referentes a Síndrome de Rapunzel. Na ocasião, descobriu-se que esta doença está mais associada em crianças e adolescentes. Na maioria das vezes, a síndrome está associada a distúrbios psiquiátricos subjacentes. Onde algumas pacientes apresentam dificuldades no processo de aprendizagem, enquanto outras são visivelmente perturbadas.

De acordo com especialistas, em alguns casos é possível que os pacientes desenvolvam a bola de pelo no interior do estômago,sem apresentar nenhum tipo de sintoma.

Publicidade

De acordo com os médicos, os principais sintomas da Síndrome de Rapunzel são:

  • Falta de cabelo em algumas áreas da cabeça,
  • Dor de estômago muito intensa, que em alguns casos vêm acompanhadas de náuseas,
  • Perda de apetite, ocasionando também a perda de peso e na maioria das vezes sem motivo aparente,
  • Vômitos com frequência depois de cada refeição.

Pacientes diagnosticadas com estes sintomas devem procurar o mais rápido por ajuda médica para realizar exames. Quando mais cedo começar os tratamentos, melhor. #Entretenimento #Curiosidades