Para celebrar esse Dia das Bruxas (Halloween), exibimos para você, caro leitor, a bizarra notícia de um aparente monstro marinho filmado no Alasca (EUA), por membros do governo norte-americano.

De acordo com informações do jornal inglês Express, de segunda-feira (31), o pessoal do Governo dos EUA de Administração de Terras (BLM, sigla em inglês), garante que não houve fraude na manipulação da filmagem.

Segundo a entidade, o enigmático monstrengo fora gravado em 26 de outubro. Na descrição do vídeo, exposto no Facebook do BLM, o órgão esclarece que os funcionários testemunharam o insólito episódio no município de Fairbanks.

Publicidade
Publicidade

Na ocasião, profissionais notaram um incomum animal marinho deslizando num conhecido rio do município. “Nossos empregados de Fairbanks capturaram esta estranha ‘coisa’ nadando no rio Chena, Alasca”, comunicam os funcionários do governo estadunidense, Craig McCaa e Ryan Delaney.

O vídeo, que rapidamente se espalhou pela #Internet e já conta com mais de 344 mil visualizações, evidencia uma aparente criatura com parte do corpo sobre a superfície da água.

Conforme o jornalista à frente da notícia, Oli Smith, até mesmo os empregados do governo estadunidense admitiram não saber a origem do estranho fenômeno.

Embora não tenhamos certeza se o filme em questão seja apenas uma pegadinha regada a ‘doces ou travessuras’, o fato é que Craig, do BLM, uma das pessoas a vivenciar o episódio ‘in loco’, revela ter ficado assustado com a aparição da extravagante criatura.

Publicidade

Na avaliação dele, a estrondosa repercussão das imagens, comprovam que os segredos do mundo natural ainda atraem a curiosidade da humanidade.

Entretanto, Craig ressaltou acreditar, no primeiro momento, que o animal fosse algo fabricado pelo homem. “Eu pensei, inicialmente, e várias pessoas pensaram, que poderia haver alguma corda que prendeu no fundo do rio com pedaços de gelo”, disse.

No entanto, ele salienta que os moradores do Alasca sugerem diversas teorias para explicar a natureza do enigmático animal. “Outras pessoas mencionaram tudo, de um monstro marinho para um esturjão gigante”, conta.

Apesar de muitos internautas solicitarem aos funcionários do MBL uma investigação mais aprofundada para descobrir a procedência do bicho, o órgão escreveu, na rede social, que os funcionários não pesquisam esse tipo de ocorrência.

“É um pouco longe daqui, no meio do rio. O vídeo foi feito pelo nosso escritório do BLM em Fairbanks. Não temos certeza do que ele é. Vamos deixar todos vocês serem o juiz”, conclui a entidade.

Alguns indivíduos acreditam na hipótese da criatura ser apenas um pedaço de corda flutuando. Outros internautas conjecturam que o animal seja um monstro marinho com tamanho estimado entre 12 a 15 pés de comprimento.

Abaixo, veja o vídeo oficial postado no Facebook do Governo dos EUA de Administração de Terras.

#Curiosidades #Viral