Segundo dados recentes, o nível de gás carbônico na atmosfera terrestre já ultrapassou a barreira das 400 partes por milhão. Acredita-se que tal condição nunca mais deverá retornar aos níveis seguros. Segundo especialistas, o nível mais seguro de dióxido de carbono na atmosfera é de 350 partes por milhão. A última vez em que a atmosfera terrestre presenciou níveis considerados altos foi há 4 milhões de anos. Agora, pesquisadores do Instituto Scripps de Oceanografia, dos Estados Unidos, afirmam que os níveis de gás carbônico na atmosfera, registrados em outubro, poderão ultrapassar a barreira dos 400 ppm, provavelmente deverá alcançar 401 ppm.

Publicidade
Publicidade

Um fato que chama a atenção é que, durante o mês de setembro, os níveis de CO2 na atmosfera são considerados baixos. Sendo assim, os especialistas temem que, durante o mês de outubro, este valor seja ainda maior. De acordo com Ralph Keeling, diretor do departamento no programa de CO2, do Instituto Scripps, em novembro de 2016, poderemos ultrapassar a barreira dos 410 ppm. 

De acordo com o pesquisador, mesmo se toda a população do planeta parasse de emitir o dióxido de carbono hoje, a Terra levaria algumas décadas para voltar ao limite normal de 350 ppm. Em 2013, uma pesquisa do Observatório Mauna Loa, do Havaí, mediu o dióxido de carbono ao redor do mundo e a marca alcançou a casa dos 400 ppm.

Uma pesquisa do Observatório Polo Sul, na Antártida, descobriu que os níveis de carbono encontrados em núcleos de gelo podem nos dar uma ideia do nível de CO2 na atmosfera terrestre há 800 mil anos.

Publicidade

Os pesquisadores acreditam ser inconcebível que este valor pudesse ultrapassar a barreira dos 300 ppm desde então.

Segundo pesquisas, independente de ter acontecido há 4 ou 20 milhões de anos, o que importa é que os habitantes na Terra nunca passaram por algo semelhante desde o início da vida na Terra, ou seja, os níveis de CO2 presentes na atmosfera nunca foram tão alarmantes. Sendo assim, os pesquisadores temem o que virá depois, sem saber quais serão as consequências. #entreternimento #gas carbonico #Curiosidades