Você provavelmente já foi a muitas festas de casamento. Todas elas devem ter sido pelo menos animadas. No entanto, provavelmente em nenhuma delas a noiva ficou nua. No entanto, uma recém-casada decidiu mudar um pouco a cultura do matrimônio e ficar que nem veio ao mundo. Tudo começa quando ela decide ir para a pista de dança afim de arrecadar dinheiro para a sua lua de mel. Em comum acordo com o maridão, ela colocou os seios para fora, substituindo as tradicionais gravatas cortadas. Com o dinheiro, o casal conseguiu fazer a tão sonhada viagem. 

A moça acreditou que deixando que seus convidados a apalpassem, eles ficariam mais animados em dar mais dinheiro, deixando a festa menos sem graça, afinal, na hora em que a caixinha passa, muita gente fica extremamente sem graça em ter que dar dinheiro.

Publicidade
Publicidade

Por isso, a chinesa acreditou que até os menos favorecidos iriam acabar colaborando quando ela colocasse os seus atributos para fora. E olha que a tática funcionou. Em vídeos publicados na internet, muita gente aparece bastante animada com a moça. Eles dão dinheiro como se realmente fossem pessoas poderosas.

Muitos homens dão risada da situação. Eles parecem muito felizes, alguns até mais do que o próprio esposo. Nas redes sociais, muita gente criticou a noiva por ela se colocar em tal situação por algo tão banal, o dinheiro. Para os internautas, ela não precisa disso. "Gente, a mulher tá casando e se presta a isso. Tem até criancinha no meio da festa. Isso deveria ser denunciado, é pedofilia", argumentou um jovem ao comentar o fato de uma menino, aparentando ter entre seis e oito anos, aparecer ao lado da mulher.

Publicidade

Ele chega a abraçar a moça, enquanto outros homens a apalpam por trás. 

No Brasil, as mulheres também pedem dinheiro em festas além do casamento. Nas festas de debutante, por exemplo, a menina leva o sapato em uma bandeja e pede colaboração dos convidados, que comeram e beberam de graça. É um modo de tentar reduzir os custos de toda a produção, que pode ter muitos dígitos. #É Manchete!