O Triângulo das Bermudas, fica localizado no Oceano Atlântico, que abrange as ilhas, de Bahamas, Bermudas, Porto Rico, e a cidade de Fort Lauderdale, na Flórida. A área gira em torno de 3,95 milhões de Km²,repletos de mistérios, que envolvem o desaparecimento de aviões, navios,e uma série de casos inexplicáveis. Alguns especialistas no assunto acreditam que boa parte destes incidentes estejam relacionados a uma teoria diferenciada, que abre possibilidade para a existência de uma pirâmide de cristal na região, que estaria localizada a 2 mil metros de profundidade.

As coordenadas sobre a possível localização da estrutura teriam sido repassadas por um cientista anônimo.

Publicidade
Publicidade

Mas, até o momento, ninguém compareceu ao local para descobrir se tal pirâmide realmente existe. Segundo informações do jornal Daily Mail, a alegação teria surgido em 2012, onde pesquisadores afirmam ter descoberto a suposta pirâmide. Na ocasião, os pesquisadores se utilizaram de um tecnologia sofisticada que, atualmente, é desconhecida por parte da ciência moderna.

Os relatórios da pesquisa foram atribuídos ao pesquisador, Dr. Verlag. De acordo com o cientista, a pirâmide possui três vezes mais o tamanho da pirâmide de Gizé. Além do mais, estsa pirâmide poderia revelar mais informações a respeito das centenas de incidentes aéreos e naufrágios associados ao #triângulo das bermudas. Segundo informações, o doutor Verlag teria apresentado suas conclusões durante uma conferência para imprensa, realizada nas Bahamas, onde teria revelado a localização da suposta estrutura.

Publicidade

Mas, até o momento, ninguém conseguiu encontrar informações confiáveis em relação às coordenadas exatas da suposta pirâmide. De acordo com o site Snopes, responsável pela autenticidade de fatos, as informações eram falsas. Na tentativa para tentar descobrir as verdadeiras identidades dos responsáveis pela pesquisa, bem como as evidências sobre o assunto, descobriu-se que todas as informações foram consideradas como informações imprecisas. Além disso, não há evidências concretas que provem que a maioria dos desaparecimentos ocorram com mais frequência naquela região, do que em outras regiões dos oceanos. Levando em consideração que milhares de pessoas navegam pelo Triângulo das Bermudas diariamente e sem maiores incidentes. #Entretenimento #Curiosidades