Um juiz do México, responsável pelo caso mais polêmico do país, foi assassinado na última segunda-feira (17).

Vicente Antonio Bermudez Zacharias tinha 37 anos de idade e atuou na suspensão do pedido de extradição do traficante El Chapo (Joaquín Guzman) para os Estados Unidos da América.

A morte foi registrada por câmeras do circuito de segurança de um prédio. Zacharias foi abatido com uma bala no crânio, na porta de sua residência.

Ele estava praticando cooper quando foi surpreendido por um homem. A execução foi à queima-roupa, sem qualquer chance de defesa.

As imagens são fortes e foram divulgadas pelo programa mexicano Notícias MSV.

Publicidade
Publicidade

As imagens flagram a hora em que ele é abordado por trás e morto.

Outro caso que consta na história profissional do magistrado repercutiu bastante no último mês de março. Na ocasião ele decretou a prisão do traficante Abigael González Valencia. Valencia é chamado de El Cuini e possui respeito no mundo do #Crime por liderar junto com outros criminosos o cartel Jalisco Nova Geração.

Ainda está no currículo de casos julgados por Zacharias o processo do desaparecimento de 43 estudantes normalistas. O magistrado rejeitou, dias atrás, o pedido de transferência de El Gil, alcunha do traficante temido Gildardo López Astudillo. El Gil é tido como o líder dos pistoleiros que ordenaram a remoção dos alunos.

A morte do juiz causou perplexidade no país, que tenta responder para manter o controle da situação.

Publicidade

Por ordem do presidente Enrique Peña Nieto, as investigações do crime ocorrerão com toda a agilidade e intensidade. A informação foi anunciada pela  procuradora-geral da república, Arely Gómez González.

A procuradora usou a rede social Twitter para prestar pêsames aos parentes e colegas do magistrado assassinado.

Não há, por enquanto, informações que liguem diretamente os casos citados ao assassinato.

El Chapo se encontra atualmente preso em um presídio na fronteira entre o México e os Estados Unidos, no município de Juárez. Conforme as autoridades mexicanas, o traficante comandava o cartel de Sinaloa e era tido como um dos maiores caciques do narcotráfico do planeta. Ele foi preso em janeiro passado, depois de conseguir escapar de um presídio de segurança máxima, localizado no Centro do México.

No vídeo é possível ver o momento em que o juiz, com calça e camisa pretas, cai no chão e não resiste ao ferimento, desmaiando e morrendo logo depois. Quem atira é um homem de caça jeans e blusa preta. Ele dispara e foge na sequência, na direção contrária.

#Casos de polícia