O bullying é uma ação que é considerada ser um ato de violência física ou psicológica, feita por intenção e diversas vezes, por uma ou mais pessoas, causando incômodos para quem sofre como dor e angústia. Considerado um problema no #Mundo todo, um dos locais que frequentemente acontece bullying é nas escolas, onde crianças e adolescentes fazem atos desse tipo com algum aluno, que sofre, mas muitas vezes é considerado ser uma brincadeira. E isso pode trazer diversas consequências para uma pessoa, tanto em seu desenvolvimento, quanto na convivência com a sociedade, gerando problemas as vezes para vida toda.

Recentemente um vídeo está causando comentários na internet, nele aparece uma jovem adolescente, e uma mulher que aparenta ser sua mãe, dando-lhe uma forma de castigo um tanto que polêmico.

Publicidade
Publicidade

A adolescente estava praticando bullying com uma aluna na escola simplesmente porque ela tinha câncer e raspou a cabeça, o que serviu de motivo de piadas e brincadeiras ofensivas da jovem.

Quando a mãe descobriu que a filha estava fazendo isso, com uma aluna que tinha a doença, resolveu punir a adolescente de um jeito inesperado, ela cortou os cabelos da filha. Com uma máquina de cortar cabelo, ela segura a filha que fica gritando e chorando sentada no chão e começa a raspar a cabeça da jovem, que fica em desespero. Ouve-se a mulher falando algo, mas pela qualidade do áudio não é possível entender bem.

Rapidamente o vídeo gerou diversos comentários na internet, alguns defendem a ação da mãe, dizendo ser algo merecido por parte da filha, e que serve de lição para aprender a não menosprezar as pessoas seja qual for a condição, outros acham que a atitude da mãe foi completamente errada, e o que mãe fez, foi mais uma forma de bullying e que não se deve corrigir algo, fazendo o mesmo.

Publicidade

Não se sabe sobre as pessoas que aparecem no vídeo, quem são ou de onde são, mas muitos usuários de redes sociais ficaram chocados e revoltados com as imagens.

A seguir veja o vídeo em que mostra a mãe cortando o cabelo da filha:

#Educação