O que se segue depois da morte é um mistério para a maioria dos indivíduos. Contudo, Melissa Kurtz, 48 anos, e a filha Harper, 13, estão convencidas de que as pessoas não deixam de existir. Elas chegaram a essa conclusão depois de observarem a imagem do suposto espírito de uma criança, no banco de trás do carro em que estavam.

De acordo com informações do jornal britânico The Sun, a insólita aparição surgiu enquanto Melissa dirigia por uma estrada da Flórida, perto de Orlando (EUA), na companhia da filha, que iria disputar um concurso de beleza juvenil.

Na ocasião, a garota, entediada com o passeio, resolveu tirar uma foto de si mesma (selfie).

Publicidade
Publicidade

Porém, a mãe de Harper, Melissa, ao ver o retrato, percebeu que mais ‘alguém’ apareceu na imagem.

Intrigada com o ‘photobomb do além’, a mulher disse ao The Sun, que ao pesquisar sobre o trecho da estrada percorrido por elas, descobriu que no dia da selfie (em julho passado, mas o caso só foi reportado em novembro), houve um acidente automobilístico, exatamente há um ano, no mesmo percurso seguido pela dupla.

Ela também destacou o fato da imagem ter sido analisada por diversos investigadores paranormais. Além do rosto fantasmagórico, os profissionais do sobrenatural também observaram a mão do ‘gasparzinho’ próximo à filha da mulher, de 13 anos.

Melissa ainda destacou a importância do registro. Para ela, o retrato da aparente assombração evidencia a continuidade da vida após a morte. "Eu acho que é muito importante para o mundo ver essa imagem, porque eu sei que é verdadeira e real”, disse.

Publicidade

Não sabe que morreu

No filme O Sexto Sentido (1999), o personagem de um psicólogo interpretado por Bruce Willis, tenta ajudar um menino problemático que diz ver “pessoas mortas”. Todavia, na maior parte da película Willis não sabe que morreu, e que o sinistro garotinho o estava tentando alertar sobre a sua nova condição.

Apesar do thriller ser apenas uma ficção sem compromisso com a realidade, o paranormal canadense Greg Pocha, conta que existem casos de sujeitos que morreram e não perceberam.

Ele também acredita que o fantasma da foto desconhece a atual condição em que existe. Na observação de Pocha, é provável que a criança perambule pela estrada num estado de confusão mental post-mortem. “As chances são de que ele não sabe que morreu. E as chances são boas de que ele vai assombrar esta parte da estrada para sempre", declara.

Até o momento, a fotografia é tida como autêntica pelos paranormais que a analisaram. Melissa e a filha juram que não houve manipulação. Será? #Curiosidades #Viral #Internet