Um #Crime chocante abalou a cidade de Ponce, em porto Rico. Três crianças foram encontradas mortas nesta quarta-feira (02) e todos os indícios apontam que o pai foi o autor do crime e ele se enforcou após cometer a atrocidade. As crianças tinham idades entre cinco e nove anos e eram brasileiras, como a mãe, e nasceram na região sul do Brasil, em Santa Catarina.

Segundo informações da polícia do local, as crianças foram mortas pelo pai, que, após o ato, também cometeu suicídio. De acordo com a investigação, tudo indica que as crianças foram mortas vítimas de asfixia e estrangulamento. O pai foi identificado como Erick Ramirez, ele era norte-americano e tinha 50 anos.

Publicidade
Publicidade

Conforme informação de um parente das vítimas, Erick já foi denunciado pela mãe das crianças por ser extremamente violento. A polícia de Porto Rico disse que a mãe das crianças deixou os filhos sob os cuidados da avó paterna, pois precisou fazer uma viagem. A mulher não colocava nenhum obstáculo na relação entre pai e filhos.

Perfil do assassino

Uma tia das crianças, identificada como Marli Martins, disse que a família é da cidade de Forquilhinha, localizada na região sul do estado de Santa Catarina. A mulher mudou com a família para Porto Rico, há aproximadamente uns três anos. Antes da mudança, eles viviam na cidade de Morro de Fumaça.

Marli disse que o pai era uma pessoa muito carinhosa, prestativa, no entanto, apresentava um comportamento agressivo com a esposa. Segundo Marli, sua irmã ligou para falar da #Morte de Erick e disse que as crianças estavam bem.

Publicidade

Mas, depois de algumas horas, ela ligou novamente e falou que os seus filhos estavam mortos.

A mãe das crianças estava viajando para fazer um curso nos Estados Unidos e ela chegaria justamente hoje na parte da tarde.

Cena do crime

O superintendente da polícia de Porto Rico, José Luís, informou que as vítimas foram encontradas dentro do quarto da casa. Ele afirma ainda não entender o que ocorreu, tanto o menino, quanto as meninas estava em suas camas e o que os indícios apontam que elas foram estranguladas.

A família pretende trazer os corpos das crianças para o Brasil e está tentando contato com a embaixada brasileira para conseguir alguma ajuda.

  #Mundo